quinta-feira, 19 de junho de 2014

[7049] - "VIVE LE ROI"...


A proclamação do Príncipe Felipe como novo Rei de Espanha, e que passará a ser conhecido como Felipe VI, veio relançar, em Portugal, a velha discussão em volta da impossibilidade constitucional de haver, por aqui, uma Monarquia...
Em boa verdade, e como já hoje ouvimos um monárquico afirmar, república não é sinónimo de democracia e, no caso da Constituição Portuguesa, tudo parece indicar haver uma  certa dose de prepotência ideológica quando, no seu artº 288º (Limites Materiais da Revisão), refere que as leis de revisão constitucional deverão respeitar "a forma republicana de governo" (alínea b))...
Este testamento de coacção politica, inibe o povo português de optar por um regime diverso do republicano, o que adorna a questão com uma dose de sectarismo que não se coaduna com os ideia democráticos...
Pessoalmente, sou adepto de um regime politico que respeite as pessoas e os seus direitos e as pessoas respeitem as leis livremente votadas, seja qual for a sua designação ideológica!

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Sendo o Felipito filho de espanhol e grega, eu iria mais para "Viva El Rey" ou, piscando o olho aos rapazes clássicos, "Ζήτω ο βασιλιάς". Apesar do Borbón (castelhanizado) do Bourbon francês do avô paterno e do igualmente gaulês Orléans (da avó paterna Maria) não digamos a coisa à gaulesa nao vá ele ouvir e fazer uma aliança com a França contra Portugal... ahahahaha. Lembrem-se que Felipes "españoles" nunca foram muito dos nossos amores...

    ResponderEliminar
  3. REMENISCENCIA DA FRASE FEITA...CLARO QUE NÃO PODIA SER COMPLETA POIS NÃO HÁ NENHUM REI MORTO - APENAS MORIBUNDO!
    Quanto aos Felipes, este é filho do quase português Juanito...

    ResponderEliminar
  4. O outro, primeiro de cá e segundo de lá, também tinha sangue portuga (e bastante) e foi o que se viu...

    Braça sem calamares,
    Djack

    ResponderEliminar
  5. Porém, para que não fique uma ideia errada, o Pd'B tem uma enorme admiração por Espanha e pela sua cultura... e gastronomia. Vale!

    ResponderEliminar
  6. E eu desejo que mantenham o regime monárquico como símbolo do Estado. Melhor solução do que ter certos presidentes de república manhosos.

    ResponderEliminar
  7. OS REIS DE ESPANHA NÃO SÃO COROADOS, TAL COMO O DE PORTUGAL O NÃO SERIA...

    ResponderEliminar