quarta-feira, 2 de julho de 2014

[7108] - CRÓNICA EVENTUAL...


O guarda-redes dos Estados Unidos, deve ter feito o jogo da sua vida...Ao fim de 120 minutos, totalizou, talvez, umas vinte defesas, muitas delas, de golo eminente...A Bélgica, só não arrecadou um resultado histórico por culpa dos sucessivos erros de finalização e, claro, do Tim Howard, enquanto a equipa dos EUA deu a clara ideia de ter ido mais longe do que merecia a mediania do seu estatuto técnico-táctico...
...ooOoo...
Entretanto, cumpriu-se, na íntegra, o nosso prognóstico do Post Nº 7085 e foram apuradas para os quartos-de-final as oito selecções constantes da nossa previsão: Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, Colômbia, Costa-Rica, França e Holanda, ou sejam, quatro europeias e quatro sul-americanas...Agora, avizinham-se alguns jogos a prometer espectáculo como, de resto, aconteceu com a grande maioria dos encontros dos oitavo-de-final...Esperemos, para ver!
 

2 comentários:

  1. O que surpreende é a aparente pouca diferença (pelo menos, ao nível da marcação de golos) entre os chamados tubarões e os peixinhos. Este Mundial tem permitido que se evidenciem grandes guarda-redes, ou então grandes exibições dos mesmos.

    ResponderEliminar
  2. ALIÁS, ALGUNS G.REDES FORAM RESPONSAVEIS POR RESULTADOS MENOS ÓBVIOS...

    ResponderEliminar