segunda-feira, 14 de julho de 2014

[7171] - PROMETEU...ESTÁ PROMETIDO!

 
O Primeiro-ministro garante que, depois de ter cumprido a visita de uma semana a São Vicente, regressa determinado à Praia, para operacionalizar um pacote de medidas para alavancar a actividade económica na ilha. Entre outras novidades, José Maria Neves promete restituir o IVA, garantir benefícios fiscais com a integração das empresas locais no Centro Internacional de Negócios (CIN) e desbloquear os financiamentos através da CV Garante. Diz, ainda, que o Governo vai estabelecer uma forte parceria com o sector privado e a Câmara Municipal, para atrair Investimento Directo Estrangeiro (IDE) e construir grandes infra-estruturas, com destaque para um Centro de Convenções, na cidade do Mindelo.
 
in A Semana

7 comentários:

  1. No Jornal:

    A caixa de comentários (50) a esta noticia, dá bem uma ideia do que pensa o mindelense -- versus -- badiu!

    ResponderEliminar
  2. E falou também de um grande centro comercial que aqui no post não surge mas que paira agoirento sobre o Mindelo. Se assim for, acontecerão três coisas, sem dúvida, iguaizinhas ao que já aconteceu em todo o Portugal: o povo passará a hibernar lá dentro, o comercio local acabará para sempre e seguir-se-á a morte de várias áreas do Mindelo. Almada é um bom exemplo... a não seguir.

    Braça sem desejo «de cidade fantasma...
    Djack

    ResponderEliminar
  3. De facto, só de um i... podia surgir essa ideia de centro comercial numa cidade em que o comércio anda às moscas, segundo vou ouvindo.
    Quanto ao resto, desde há alguns anos que os governantes falam de parcerias por tudo e mais alguma coisa, como se essa palavra tivesse no bojo o fermento para a resolução doe todos os problemas. Abaixo as parcerias, vivam as políticas de fomento do investimento, de descentralização da decisão política, de distribuição mais equitativa dos recursos, e outras que mais! E viva a regionalização!

    ResponderEliminar
  4. Eis a frase:

    (...) Penso, concretamente, na construção de um hotel de cinco estrelas, num Centro de Convenções, num Grande Shopping Center (...)

    Abre o "Grande Shopping Center" e fecha o comércio de rua do Mindelo. Não, por favor, não a uma segunda Almada, situação aqui agravada por um estúpido metropolitano de superfície que quase ninguém utiliza e estragou as ruas por onde passa.

    Braça com medo do futuro,
    Djack

    ResponderEliminar
  5. Se cada vez que faz obras dizemos a adeus às Casa Adriana, às Laginha etc eu agora digo Bonjour esta expressão bem irónica na língua de Molière que significa Deus nos acude. O que está na berlinda?
    Centros Comercias 'figa canhota bardolega'!!! nem os chineses resistem. Já temos uma contenda no horizonte?

    ResponderEliminar
  6. Ah, isso, honra lhe seja feita !!!
    Prometer ele sempre prometeu...
    ... a ainda não partiu.

    ResponderEliminar