domingo, 14 de setembro de 2014

[7408] - A INVASÃO DOS MONDRONGOS...

Colecção de Djô Martins

Este é o navio "Colonial" que transportou, no início dos anos 40 do século XX, parte  considerável do contingente de tropas expedicionárias portuguesas que, ao que se julga saber, chegaram a atingir, em S.Vicente, a cifra de 5.000!
Segundo parece, remontará a essa época a utilização do termo "mondrongo" para designar os portugueses europeus o que, de resto, nem será para admirar...Primeiro, nunca na vida se tinham visto tantos "potugas" ao mesmo tempo e, depois de quase uma semana de viagem, anichados como sardinhas em lata e sem recurso a cuidados de higiene mínimos, é natural que aquelas centenas de soldados tenham colocado os pés em terra, quiçá mal vestidos, com más caras e, até, cheirando mal por natural défice de banhos...
Segundo uma dezena de dicionários que consultei, reuni, cinco níveis de significados para o termo "mondrongo", a saber:
- Alcunha pejorativa de português, em C.Verde e no Brasil.
- Individuo disforme, mostrengo.
- Inchaço.
- Individuo preguiçoso.
- Quisto cebácio.
Se, no caso de Cabo Verde, a justificação é, no mínimo, pacífica, já se torna um pouco difícil entender os motivos dos brasileiros...Quem conhecerá o assunto?!

3 comentários:

  1. Tenho registado para sempre a chegada da tropa no Mindelo, Infantaria 7 eo Harley Davinson que fazia o vai-vem Cais-Quartel General. Lembro-me também do auto-tanque que via pela primeira vez mas não posso lembrar se estavam ou não sujos/ No antanto fartei-me de ouvir "tropa ta tchêrê cholê".
    Mas isso, minha gente, não durou porque esses rapazes tinham as suas lavadeiras quando não tinham as namoradas e andavam impecàvbeis.
    Relativamente ao termo "mondrongo" ouvi (aqui em Franca) uma filha de operário português e mãe da Chã do Cemitério dizer que "mondrongue ê significade de tchuc". Não acrescentei mais nada esperando para nos encontrarmos o que nunca foi possível por ser uma pessoa muito ocupada Ela tem três filhas que acumulam diplomas

    ResponderEliminar
  2. Eu nada posso adiantar sobre a origem do nome.

    ResponderEliminar
  3. Valdemar, se tchuc é porco, então daí a analogia com os tugas ao desembarcar - estavam porcos (mal cheirosos), logo, no linguajar popular, es era tude um tchuc.

    ResponderEliminar