terça-feira, 16 de setembro de 2014

[7415] - HONESTIDADE...



O amigo Valdemar Pereira mandou-me esta foto acompanhada de uma história que, noutra conjuntura sócio-económica, teria passado despercebida, por retratar um comportamento que devia ser normal...
O atleta espanhol Ivan Fernández Anaya participava de uma prova de corta-mato, no principio do mês, atrás do queniano Abel Mutai, que comandava...
A certa altura, o queniano, quiçá convencido de que havia terminado a corrida, parou...O espanhol, que seguia em segundo, facilmente teria vencido a prova aproveitando-se do engano do seu adversário. Só que, Ivan é um atleta com uma consciência e, assim, conseguiu que Mutai entendesse que ainda havia algumas centenas de metros a correr e, praticamente, empurrou-o até à meta que ele, Ivan, cortou no segundo lugar como, desportivamente, lhe competia...
Este foi um gesto que encerra uma qualidade que hoje anda pelas ruas da amargura: A HONESTIDADE!!!

3 comentários:

  1. Que belo exemplo de honestidade! E de ética desportiva! Fiquei maravilhada! a fotografia é bem eloquente.

    Um abraço aos amigos que comungam deste espaço.

    ResponderEliminar
  2. O que custa aceitar, amiga, é que um gesto destes faça notícia quando devia ser tão corriqueiro que apenas provocasse um sorriso cúmplice!
    Prazer em senti-la, de novo...
    Os amigos retribuem, gostosamente, o amável amplexo!

    ResponderEliminar
  3. Pequenos gestos que ainda mantém o mundo girando no eixo!

    ResponderEliminar