quinta-feira, 18 de setembro de 2014

[7424] - UMA QUESTÃO DE TAMANHO...


Na última postagem dedicada ao tema "Era uma vez, Angola", fiz referencia a um peixe - o bagre - que era costume comer-se, frito, no Alto Zambeze, onde estive alguns anos...O amigo Adriano veio a terreiro recordar-se que também havia degustado o suculento peixe de rio que, segundo os hábitos dos pescadores autóctones era escalado e seco ao sol como, aliás, se faz a muitas coisas em Angola, nomeadamente, às carnes do elefante e do rinoceronte...
Andei a vasculhar no Google e encontrei a foto que encima este texto e que reproduz aquilo que se julga ser o maior peixe de água doce jamais pescado...Foi perto  da cidade tailandesa de Chiang Khong que foi capturado, em 2005, este enorme Bagre Gigante do Rio Mekong, que pesava 292 quilos...
Existem para cima de 2.200 espécies de bagres, distribuídos por mais de 40 famílias. Há espécies que medem milímetros até ao Pangasiodon Giga, de enormes dimensões...
Abaixo, deixo o retrato do bagre que eu comia em Angola e a que os ingleses chama "catfish", vá-se lá saber porquê!...


Sem comentários:

Enviar um comentário