sexta-feira, 19 de setembro de 2014

[7427] - POEIRA DO TEMPO...


1920 - Ilha do Maio - “Dois exemplares de “Black Fish” (globicephalus sp). Estes peixes, que chegam a pesar 400 Kgs, encalham nas costas desta ilha em certas épocas do ano. Amanhecem envoltos em areia, em grupos de 40 a 50. A sua carne, conservada em barricas, apenas com sal, é um verdadeiro maná caído na ilha, pois garante a alimentação aos seus habitantes durante praticamente todo o ano... Consta que é exactamente nos anos de maior miséria que os peixes aparecem em maior número."
Será que o "milagre" subsiste?...

Pesquisa de A.Mendes

1 comentário: