domingo, 21 de setembro de 2014

[7438] - OPERAÇÃO RESGATE...


“As Ilhas Desertas” é o nome do documentário realizado por Alexandre Vaz e Madalena Boto, que foca os esforços de conservação da calhandra-do-raso – uma espécie endémica do ilhéu inabitado do Raso, pertencente ao arquipélago de Cabo Verde -, que está criticamente em perigo de extinção.

Durante seis semanas, os dois realizadores portugueses acompanharam uma acção de conservação da biodiversidade e restauro do equilíbrio ecológico nas ilhas de Raso e de Santa Luzia, a Biosfera 1, em colaboração coma Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves e a Royal Society for the Protection of Birds.

A rodagem do documentário acompanhou ainda vários estudos paralelos que estas organizações desenvolvem nas ilhas, como a monitorização de tartarugas marinhas e a protecção de colónias de cagarras. O projecto cinematográfico retrata ainda a história de um antigo pescador que se tornou conservacionista.

O resultado final é o documentário “As Ilhas Desertas”, que foi exibido em ante-estreia no dia 18 de Setembro, às 19h00, no Oceanário de Lisboa. A sessão foi aberta ao público, mediante a inscrição prévia.

O projecto foi totalmente financiado através de uma campanha de crowdfunding e o trabalho desenvolvido por estes dois realizadores portugueses integra já a selecção oficial de vários festivais, entre os quais um nacional e três internacionais.

In "GreenSavers"

Sem comentários:

Enviar um comentário