segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

[7765] - I N Q U A L I F I C Á V E L !!!



ESTAS FOTOS FORAM CONSEGUIDAS NO BLOGUE "ESQUINA DO TEMPO", ONDE O AMIGO BRITO-SEMEDO, ELEGANTEMENTE, COMO É SEU TIMBRE, DIZ QUE A ESCOLA DA PRAÇA NOVA ESTÁ "CARNAVALADA"...TRATA-SE, DECERTO, DE INSPIRAÇÃO SAZONAL, DADA A PROXIMIDADE DO ENTRUDO...NÓS, ENTRETANTO, ACHAMOS QUE ISTO É INQUALIFICÁVEL, COM UMA CONSTRUÇÃO DOS ANOS 50 DO SÉCULO XX, MAIS SE ASSEMELHANDO A RUÍNAS ROMANAS DA ERA IMPERIAL...
ISTO, MEUS AMIGOS, ATÉ ENVERGONHARIA A SANTA ENGRÁCIA...

6 comentários:

  1. Tanto que já falámos disto que até já dói a palavra.

    ResponderEliminar
  2. Esta obras Santa Engrácia) parece mesmo que não têm fim à vista pois o ano da data de conclusão é incerto: felizmente falta 'um dia' se Deus quiser !!
    Com esta 'gente' um simples cidadão acaba sem querer em humorista de teatro, tantas vontades temos para dar gargalhadas

    ResponderEliminar
  3. Caro Amigos

    "Já dói a palavra."! E corta o coração!

    ... Tomei várias iniciativas, no sentido de tentar a sua recuperação...Infelizmente, sem sucesso, como se depreende pelas fotos!
    E o que mais dói é que o insucesso deve-se à apatia ( palavra simpática!) das entidades locais....

    Exemplo: (resumido)

    Sabendo que S. Vicente é uma cidade geminada com a de Oeiras, fiz um derradeiro apelo ao Exmº Presidente para que Oeiras ajudasse a salvar a Escola Nova...
    A resposta foi de teor positivo, mas só poderia concretizar-se mediante um pedido oficial da Camara M de S. Vicente. Imediatamente, enviei a nota para a camara, através do Sr Reitor da Escola Técnica, com quem vinha a coordenar as iniciativas inerentes à reparação da EN com a intervenção dos alunos e outros parceiros....

    Está a fazer um ano.... A Resposta da Câmara não passou do caixote do lixo da pracinha!!!!!

    Por esta desconsideração, desisti!

    Outros que marchem!

    ResponderEliminar
  4. A Mendes já leste o livro do Arsénio: Es Ca Ta Cdi, Eh escusod
    Cartas petições etc ninguém responde vão direitinhos para o lixo. Às vezes mesmo cartas diplomáticas e internacionais sensíveis para o país têm o mesmo destino. A isso chama-se república das bananas, só que nem bananas exportamos
    Enfim é um país que nasceu torto da ditadura e da prepotência
    Concluindo, Cabo Verde é a terra de 'surdos', 'mudos' e 'cegos'

    ResponderEliminar
  5. Uma nação que não se interessa pela sua historia é uma nação condenada e pior ainda quando nada se faz o mínimo possível para a preservação dos seus parcos valores.
    Infelizmente é o que vem sucedendo em certos pontos do nosso pais onde havia traços indeléveis de cultura que sempre foi admirada. E, sendo a cultura o que fica no espírito do homem quando esqueceu de tudo, podemos pensar que o desleixo que se vê pode ser acção premeditada.

    ResponderEliminar