sábado, 21 de março de 2015

[7923] - O REQUERIMENTO DO SAL...

Dr. Ramiro Alves Figueira
EXCELENTÍSSIMOS:
PRIMEIRO MINISTRO JOSÉ MARIA NEVES E
MINISTRA ADJUNTA E DA SAÚDE MARIA CRISTINA LIMA
Praia, Cabo Verde 

Assunto: ”Hospital Ramiro Figueira”

O novo Hospital na Ilha Sal, que deverá ser batizado como ”HOSPITAL RAMIRO FIGUEIRA”.
Motivado pela grande dívida que o povo da Ilha do Sal, tem para com aquele que foi o primeiro doutor da ilha e que dedicou mais de quarenta anos, toda a sua vida profissional, ao serviço do povo salense, que aprendeu a amá-lo, venho eu e todos aqueles, que assinam comigo, mais uma vêz e por esta via solicitar aos excelentíssimos o obséquio, de mandar processar ao devido acto que honraria a nossa Ilha, o nosso povo e dignificaria em grande os nossos antepassados, que criaram a base da nossa sociedade, a história desta ilha, que agora contribui muito para o tesouro do Estado.

O povo salense, eternamente devedor do Dr. Ramiro Alves Figueira e da sua família, sente-se no direito de remunerar esta dívida o mais antes possível, batizando o Hospital na Ilha do Sal, com o nome de ”Hospital Ramiro Figueira” - curto e fácil! Mais que uma placa cravado com o nome: ”Hospital Ramiro Figueira”, deverá ser construido uma estátua ou busto do Dr. Ramiro, em frente da entrada principal do Hospital, onde deverá também, descansar eternamente e honradamente os restos mortais do falecido.

Quêm foi o Dr. Ramiro Alves Figueira?
Muitos, na Ilha do Sal, têm tentando ombrar-se com o Doutor Ramiro, obviamente sem sucesso, pois vivemos outros tempos. Assim será com aqueles que tentarem ombrar-se com o Amilcar Cabral, não será fácil! O Doutor Ramiro Alves Figueira, consagrou toda a sua vida, saber e poder inclaudicávelmente aos serviços de construção da sociedade salense, especialmente nas áreas da saúde pública, como médico, dentista, óptico e veterinário. O Dr. Ramiro nunca cansou de lutar, até conseguirmos a construção e o funcionamento do primeiro Hospital na Ilha do Sal; na educação foi (um dos fundadores) fundador e professor infatigável do primeiro liceu no Sal, Externato do Sal, desde o primeiro dia, até quando foi transferido para Portugal Continental;
Na politica administrativa, o Doutor Ramiro, como um dos homens mais influentes da Ilha do Sal, antes da independência, foi uma ponte agradável, entre a Câmara Municipal do Sal ou Administração do Concelho do Sal, Os Comandos Militares no Sal e o Aeroporto do Sal, sempre usando a sua inteligência e influência, a favor do desenvolvimento e bem estar da sua ilha e povo salense.
A caridade social do Dr. Ramiro era muito bem conhecida no Sal, quando pessoas lhe buscavam por fraquezas fisiológicas e o Dr. Ramiro como médico profissional e humanista que era, sabia das necessidades alimentares das pessoas que não eram superadas. O Dr. Ramiro ajudava certas pessoas a matarem as suas fomes.

Não havendo nenhum outro salense (com excepção do eminente, o supremo, António Manuel Martins, o fundador da ilha do Sal) que mais fez para esta ilha e seu povo, que o entranhável Dr. Ramiro, requeremos, eu e todos os salenses, que assinam comigo, que o Hospital no Sal, seja batizado o mais antes possivel de ”HOSPITAL RAMIRO FIGUEIRA”.

Não podemos apagar a nossa história. Mas podemos honrar com dignidade, os nossos antepassados.

Bem haja Hospital Ramiro Figueira!

Viva a enclave Salândia livre e independente!
Cidade e Município de Santa Maria, 10 de Janeiro de 2015!

Respeitosamente,

Dr. Malcolm X Salândia

(No FaceBook - Gilda dos Santos Pidis)
(Sugerido por José F.Lopes)

1 comentário: