sexta-feira, 24 de abril de 2015

[8059] - A ILHA DE S. VICENTE...


A NOSSA ILHA, TAL COMO OS DEUSES A VEEM!

(E,mail de J.F.Lopes)

3 comentários:

  1. Está aqui o grande calhau basático pelado da linda paisagem lunar em contraste com o Mar Azul um linfdo espectáculo visto dos céus lá no alto...como diz bem o Zito

    ResponderEliminar
  2. No meu coração e pensamento, quase vejo a exuberância das cores e sinto os aromas que exalam e sons que dela emana!

    ResponderEliminar
  3. Consigo descobrir uma estranha e penetrante beleza nesta aridez, ou não sentisse eu atracção pelo deserto. Direi que essa beleza tinha de a sentir porque é algo que provém de um mimetismo natural entre o ser e a paisagem. A minha filha mais nova (41 anos) visitou a ilha pela primeira vez em 2012 e sentiu o mesmo, sem nunca ter lá vivido antes, sem que o seu espírito tivesse soltado raízes as mesmas raízes que eu para mergulhar naquela terra. Ela emocionou-se ao desembarcar em S. Pedro e disse que foi como se a envolvessem os espíritos dos nossos antepassados. A resposta que encontro só pode ser uma: genética, a genética e os seus insondáveis mistérios. Contudo, tenho a certeza de que a minha filha mais velha nunca terá semelhante sentimento e a explicação continua a ser a mesma.

    ResponderEliminar