quinta-feira, 28 de maio de 2015

[8191] - POEIRA DO TEMPO...

PERSONALIDADES DE S.VICENTE...
JOÃO BINTIM.

João de Oliveira Santos (João Bentim / Djom Bintim), foi um grande adepto do clube de futebol Derby, que ajudou a levantar. 
Era electrecista e trabalhou durante anos na Central Eléctrica de nhô Pidrim Bonucci, situada na Praia da Laginha e também, mais tarde, nas instalações na cidade, tendo depois passado a funcionário municipal, quando a Camâra Municipal do Mindelo adquiriu a Central.
Estabelecendo-se por conta própria, comprou ao seu patrão, Pedro Bonucci, a empresa de distribuição de água porta a porta que este fundara e como a água era transportada em tanques puxados por mulas, surgiu na ilha a expressão “mula de Djom Bintim”. 
Contava-se a seguinte história: para que a mula comesse a sua ração de palha seca, ele confeccionou uns óculos em plástico verde para que a palha parecesse fresquinha ao animal. Assim, quando aparecia uma pessoa com óculos escuros, atiravam-lhe logo “pareces a mula de nhô Djom Bintim”.  Mas, também a frase servia para chamar a atenção a alguém que estivesse a acreditar em algo que todos viam ser engano ou que estiv esse mesmo a ser enganado. Perguntava-se-lhe logo se ele estava a usar os óculos da mula de Djon Bintim. Foi uma das figuras típicas e incontornáveis do Mindelo do seu tempo e, acerca dele, inventaram-se muitas histórias e anedotas.
Homem divertidissimo, entre outras "diabruras", fabricava um "champanhe" à base de produtos farmacêuticos ao qual deu o nome de "Meladinha", por ser dôce...  Era detestado por alguns porque, se era bom de beber, muito melhor era de ressacar e impedir de se ir trabalhar no dia seguinte!
Morou no Fonte Cutu, logo atrás do Eden Park, ao tempo, um descampado. Hoje a casa (propriedade de dois dos seus netos) é a penúltima casa, da Rua Senador Vera Cruz. (Clube Matiota)

5 comentários:

  1. Que agradàvel surpresa !!!

    Ao agradecer ao Zito a postagem de hoje, quero informar que o Tio João (irmão do meu pai) foi o primeiro socio fundador do Derby ali no sede onde se encontra ainda hoje, e dirigente por vàrios anos. Homem activo, organizou (entre outras) a despedida do Dr. José Baptista de Sousa depois de ter recolhido o dinheiro para a compra do iate "Moradeza" ao médico oferecido.
    As estôrias dos ôculos da mula e da "meladinha" (horrivel !) não passam de dois pequenos episôdios de uma grande série

    ResponderEliminar
  2. O mérito não é meu, Val: é do Clube Matiota que produziu e do José F. Lopes que me fez chegar o material...A César o que é de César!

    ResponderEliminar
  3. Que interessante! Não conhecia a origem e o significado da expressão: "Pareces a mula de nhô Djon Bintim!" Que tanto se empregava na fala da gente de Mindelo! Sabia sim e apenas, da existência e do trabalho dessa figura mindelense bem conhecida.
    Ora aí está um dos pontos de interesse do texto agora lido.
    Abraços
    Ondina

    ResponderEliminar
  4. Tive pouco conhecimento directo acerca deste personagem mindelense, mas sempre ouvi essa expressão "mula de nhô Jom Bintim. É de muita utilidade este tipo de divulgação para se poder conservar a memória da nossa gente do passado.

    ResponderEliminar
  5. Esta Foi a oportunidade para conhecer o lendário Toy Bintim e a origem da expressão. A net é um formidável meio de divulgação

    ResponderEliminar