quarta-feira, 22 de julho de 2015

[8320] - O PRIMEIRO VAGIDO DA REGIONALIZAÇÃO?! ...

A PROPÓSITO DO FINANCIAMENTO "REGIONAL" DO SECTOR DO TURISMO...



Leonesa Fortes explicou que, em breve, passarão a existir três centros regionais de promoção turística e captação de investimentos para o sector no país, dotados de autonomia e capacidade de decisão, e que deverão competir entre si.

Santa Maria - 22 de Julho - A Cabo Verde Investimentos e a Direcção Geral do Turismo de Cabo Verde vão assumir uma vertente regional de forma a ganhar mais proximidade e capacidade de decisão ao nível local. 

O anúncio foi feito pela ministra cabo-verdiana do Turismo, Investimentos e Desenvolvimento Empresarial, Leonesa Fortes, segundo informações adiantadas pelo site turisver.

De acordo com esta fonte, Leonesa Fortes explicou que, em breve, passarão a existir três centros regionais de promoção turística e captação de investimentos para o sector no País, dotados de autonomia e capacidade de decisão, e que deverão competir entre si. 

Um dos centros ficará instalado em Santiago, abrangendo Fogo, Brava e Maio. No Sal, ficará um segundo centro, compreendendo também a ilha da Boa Vista. E São Vicente, funcionará o terceiro centro regional, que actuará igualmente em Santo Antão e São Nicolau.

Apostas que segundo a responsável serão novos desafios: - “Estamos perante novos desafios e apresentamos novas soluções”.  (in Ocean Press)

1 comentário:

  1. Se se concretizar, pode efectivamente ser uma primeira medida de descentralização da decisão.

    ResponderEliminar