terça-feira, 18 de agosto de 2015

[8392] - OS CONTORNOS DA AGONIA...



Escrito por  Lourdes Fortes, para Rádio Morabeza e Expresso das Ilha... 
·      
Curadoria do Mindelo apanhada de surpresa com demolições no Éden Park
As máquinas entraram esta segunda-feira no edifício do Éden Park, em São Vicente. Ao longo do dia, um tractor e um camião demoliram parte do muro exterior do edifício histórico. 

Contrariando a legislação sobre o assunto, a Curadoria do Mindelo apenas teve conhecimento da realização das obras no edifício do Éden Park já depois do início dos trabalhos.

Segundo a curadora Marina Ramos, que falava à Rádio Morabeza, a curadoria não foi consultada.

“A curadoria não autorizou coisíssima nenhuma. Fui à cidade e encontrei a demolição já feita. Através de alguma diligência procurei entender quem tinha dado a autorização para a realização das obras porque nós não fomos consultados”, explicou à Morabeza.

Marina Ramos soube, entretanto, que a autorização foi concedida pela Câmara Municipal.

Questionada sobre a polémica que existe sobre o assunto, a curadora afirmou que a questão não deve ser tratada como um braço-de-ferro.

“Não se deve pensar no assunto como um braço-de-ferro. Precisamos de nos sentar à mesa, entender e praticar a legislação existente sobre o assunto. É preciso ver o todo histórico do município e em particular do centro. Temos de trabalhar em conjunto e isso significa defender os interesses do património de Mindelo”, sublinhou Marina Ramos.

Marina Ramos defende que "é preciso resolver alguns atropelos que colocam em causa o património histórico da ilha”.

Sobre o assunto, a Rádio Morabeza e o Expresso das ilhas tentaram ouvir o presidente da Câmara Municipal de São Vicente mas não foi possível. Também contactámos Daniel Lobo, em representação do proprietário do imóvel, que se recusou a prestar qualquer explicação. 


Sem comentários:

Enviar um comentário