quarta-feira, 11 de novembro de 2015

[8640] - CASTANHA - SABOROSA E SAUDÁVEL...

Em dia de São Martinho a castanha é rainha. O Lifestyle ao Minuto falou com Catarina Peixoto, nutricionista e consultora no Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal, para tentar saber mais sobre este fruto tão típico do outono e especialmente do dia de São Martinho

Catarina Peixoto explica antes de mais que a castanha é um fruto seco amiláceo, no entanto, destaca, “ao contrário dos restantes frutos secos oleaginosos – como a noz, a amêndoa, o pinhão ou a avelã -, a sua composição nutricional assemelha-se mais à dos cereais”. Tendo portanto “um valor calórico relativamente baixo, elevado teor de água e hidratos de carbono, especialmente amido, baixo teor de proteína e gordura”.

Comparativamente com os restantes frutos secos, que podem apresentar até cerca de 70% de gordura na sua composição, apresenta valores baixos de gordura, cerca de 1% (1,1g/100g) e valores relativamente altos de hidratos de carbono (45g/100g), sendo por isso “muito menos calórica e uma importante fonte de energia”, destaca a especialista.

A nutricionista destaca ainda que a castanha é rica em vitaminas C, B6 e ácido fólico, que contribuem para a produção de glóbulos vermelhos, renovação celular e função cerebral. Sendo que como é isenta de glúten, a castanha é aconselhada a doentes celíacos.

Uma dose de oito castanhas (cerca de 140 calorias) contém cerca de 40% da dose diária recomendada de vitamina C, 18% da dose diária recomendada de vitamina B6 e 10% da dose diária recomendada de ácido fólico, exemplifica a nutricionista. Sendo que a castanha é ainda uma boa fonte de potássio e antioxidantes, especialmente, polifenois.

Como é rica em fibra, “apresenta vantagens do ponto de vista do controlo do apetite, regulação do trânsito intestinal e controlo da velocidade de absorção dos açúcares”.

A castanha é um alimento tradicional da alimentação portuguesa e é muito versátil uma vez que pode ser cozida ou assada, bem como transformada em farinha para bases de sopas, bolos e outros pratos. 

Um dos pontos menos positivos da castanha é o desconforto intestinal, uma vez que pode provocar gases e barriga inchada. Por isso, e para que possa usufruir das vantagens deste alimento, deve consumir as castanhas com moderação. 

2 comentários:

  1. Como muitos dos frequentadores do AcA, descobri a castanha na nossa ilha numa época do Natal. Era como um prenda. Familiarizei-me com ela em Franca, comendo-a de vez enqundo, nomeadamente como doce, mas foi na ilha de Côrsega onde é muito servida como um legume para acompanhar a carne de javali. A partir dai, passsei a ser um assiduo consumidor.

    ResponderEliminar