sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

[8930] - CONTRA A ARTRITE REUMATÓIDE...


Uma investigação levada a cabo nos EUA descobriu um novo tratamento para a artrite reumatóide que evita as dores nas articulações, a inflamação e os danos nos tecidos provocados por esta doença crónica. Tudo graças ao chá verde.

O estudo levado a cabo na Universidade do Estado de Washington (WSU), nos EUA, com a colaboração de elementos do Instituto de Investigação e Educação Farmacêutica de Hajipur, na Índia, descobriu que há um composto fitoquímico no chá verde que bloqueia a artrite reumatóide.

Esta substância é conhecida como EGCG (epigalocatequina-3-galato), e trata-se de uma molécula com propriedades anti-inflamatórias.

“As drogas existentes para a artrite reumatóide são caras, imuno-supressivas e, por vezes, desadequadas para uso de longo prazo”, nota o investigador líder do estudo, Salah-Uddin Ahmed, citado no site da WSU.

Assim, o chá verde poderá ser uma solução bem mais barata para uma doença crónica que pode ser altamente limitadora, afectando sobretudo as articulações de mãos e pés e causando dores fortes e inchaço que acabam por provocar danos na cartilagem, erosão dos ossos e deformação.

No estudo publicado no Arthritis and Rheumatology, que pertence ao Colégio Americano de Reumatologia, os investigadores referem que a EGCG tem um “potencial elevado” como tratamento para a artrite reumatóide porque bloqueia de forma efectiva os efeitos da doença “sem bloquear outras funções celulares”.

Durante a investigação, os cientistas observaram que, ao cabo de 10 dias de tratamento, os inchaços nos tornozelos dos animais que receberam EGCG foram “marcadamente reduzidos”.

“Este estudo abriu o campo de pesquisa para o uso da EGCG para atingir a TAK1 – uma importante proteína de sinalização -, através da qual as citocinas pró-inflamatórios transmitem os seus sinais para provocar inflamação e destruição dos tecidos na artrite reumatóide”, sublinha Ahmed no site da WSU.

A investigação garante, desta forma, uma possível nova abordagem a uma doença que atinge milhões de pessoas em todo o mundo.

Em Portugal, há cerca de 40 mil doentes diagnosticados, de acordo com dados da ANDAR – Associação Nacional dos Doentes com Artrite Reumatóide.

SV, ZAP

2 comentários:

  1. Bem, não custa nada experimentar, até porque não tem efeitos secundários que se conheçam. Felizmente, ainda não tenho sintomas mas a prevenção é importante.

    ResponderEliminar
  2. Por acaso até gosto e tomo o chá verde, há já uns aninhos. Então agora, vou mesmo continuar.

    Abraços
    Ondina

    ResponderEliminar