quarta-feira, 20 de abril de 2016

[9143] - GIN & TONIC TIME...


Vem aí o Verão e, com ele, a época ideal para o consumo de um bom Gin & Tonic, essa mistura incomparável de sabor e aroma que, como tudo nesta vida, tem regras de preparo que convém não esquecer como medida para retirar da bebida todo o prazer que ela é capaz de proporcionar ao paladar mais exigente...
Recomenda-se a utilização de um balão ou copo de boca estreita para que sejam mais protegidos os aromas da mistura e da guarnição... Não use cubos de gelo miniatura: derretem com maior facilidade e tornam a sua bebida aguada... Derrame a água tónica sobre o gin e o gelo fazendo-a escorrer ao longo de uma colher retorcida... Não agite, dê apenas uma volta lenta à mistura com a colher tirando, assim, o maior partido do gás da água tónica...
Diferentes gins exigem diferentes guarnições se se quer atingir um estágio de quase perfeição... Assim:

O Gin Hendrick´s oferecerá um maior requinte se acrescentar ao seu Gin & Tonic, uma ou mais fatias de pepino...


Já o Tanqueray saber-lhe-á divinamente, com uma rodela de toranja-rosa...


E o William-Chase, quiçá o puro-sangue dos London Gins, vai muito bem como umas fatias de maçã...

Outros Gins, dos mais vulgarmente vistos nas prateleiras dos bares, recomendam a lima que, no entanto, nunca deve ser espremida. Na realidade, a acidez do sumo da lima - ou do limão - iria colidir com o gás da água tónica diminuindo-lhe a intensidade.

Finalmente, falta uma palavra sobre a água tónica recomenda, Existem no mercado diversas soluções mas os "experts" recomendam, vivamente...

 

Fever Tree - Edellflower Tonic Water...

TENHA UM VERÃO MAIS SABOROSO!

N.E.
Dedicatória especial ao amigo Adriano,
apreciador confesso de um bom
G&T...




3 comentários:

  1. Que se pode querer mais? Ainda por cima o sujeito, de seu nome verdadeiro Zito Gin Azevedo Tonic sabe da poda. à conta deste desafio, hoje marcha um Gordon's ou um Bombay Saphyre que que é o que neste momento há por aqui à mão de semear.

    Braça com suspiro (no) final,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Ali no "à conta", o "à" devia ser maiúsculo. Sorry...

    ResponderEliminar
  3. Apreciador de gin como sou, agradeço esta douta explicação sobre a melhor técnica da sua preparação.
    Confesso que desconhecia, amigo Zito, e daí um abraço a selar o meu agradecimento.

    ResponderEliminar