segunda-feira, 27 de junho de 2016

[9378] - AEROPORTO NA BRAVA?!

O Governo deu instruções à ASA para realizar os estudos de viabilidade técnica e económica, para determinar as condições de construção de um aeródromo na ilha da Brava.

A revelação foi feita pelo ministro da Economia e do Emprego, José Gonçalves da Silva, nos Paços do Concelho da cidade de Nova Sintra, durante a sessão solene que assinala o Dia do Município da Brava e do seu patrono, Nho São João Baptista.
O governante adiantou também que está sob análise, uma solução mais adequada para os transportes marítimos.
O ministro acrescentou que pretende iniciar uma nova era na promoção do desenvolvimento sustentado das potencialidades da ilha.
Durante o seu discurso, José Gonçalves defendeu um relacionamento saudável entre os poderes local e central e anunciou a "decisão irrevogável do Governo" em dotar as autarquias de mais recursos. (Expresso das Ilhas)


N.E. - Conhecendo a Ilha Brava como eu conheço, devo confessar que lançar uma pista de aterragem de aviões  não vai ser "pera-doce" pois a orografia da ilha não facilita, mesmo para uma solução do tipo da da Ilha da Madeira, com metade da pista sobre o mar...


2 comentários:

  1. Aeroporto na Ilha da Brava só pode ser conversa de político em vésperas de eleições.
    Que fico bem claro que sou Pereira da Brava e tanto gosto dessa encantadora ilha como também de todas as outras com destaque para Santo Antão (terra das minhas avozinhas) e S.Nicolau (do avô materno) mas imaginar aviões a correr em pistas nessa ilha...
    Realmente a ilha de Nova Sinta necessita de melhores ligações mas não estejamos a sonhar. A menos que comprem aviões (???) que se levantam horizontalmente.
    Sejamos realistas. Boa ligação com o Fogo antes do mais e um heliporto já é mais judicioso. Aliás, penso o mesmo para com Santo Antão, para casos de emergência, o que poderá ser alargado.
    Salvo melhor opinião.





    ResponderEliminar
  2. Não direi um aeroporto mas um pequeno aeródromo para situações de emergência. A questão técnica é que tem de ser estudada e ponderada relativamente à relação custo-eficácia.

    ResponderEliminar