sexta-feira, 1 de julho de 2016

[9399] - "DSAFÔR" MINDELENSE...

O cabo-verdiano tem o hábito de brincar com tudo, pelo que é um povo de “espírito leve”, como se diz. Desta forma, o “Brexit” da Inglaterra não fugiu à regra e, por estas bandas, há quem se divirta a pedir  um referendo para que haja independência do Mindelo em relação à cidade da Praia, facto que está a ser alvo de brincadeira nas redes sociais.

O cartaz diz “Mindel Exit. Referendum to leave the Santiago Republic”, um tema com que se brinca, mas muitos são-vicentinos sentem que a ilha é preterida em relação a Santiago e que os maiores investimentos são direccionados para a capital do País. O PAICV  que o diga, uma vez que nas últimas eleições legislativas passou a ser a terceira força política na ilha de São Vicente. Todavia, existem promessas do novo Primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva, que veste a camisola do MpD, e promete que irá governar para todo o País, sendo um dos lemas da sua campanha. Até lá, os internautas não perdem o bom humor nas redes sociais e analisam o impacto do “brexit” de São Vicente da ilha de Santiago.

No post, onde vários internautas reagem e brincam com o referendo, lê-se nos comentários: “Hahahahaha, povo criativo”, escreve a internauta que considera divertido e que o cabo-verdiano não pára de surpreender. Ainda se analisa a situação dos mindelenses que vivem em Santiago e Silva diz que a TACV não conseguiria dar vazão aos voos pelo que, à semelhança da Inglaterra, deve-se empatar até que seja aberta a nova companhia aérea, Binter. Outro internauta relembra que a “Praia ficaria vazia, visto que há muitos são-vicentinos emigrantes nas terras da Capital”. Com o “Brexit”, alguém alerta que depois não quer ver choro com a independência da ilha do Monte Cara.

A diversão continua e questiona-se sobre a moeda. Neste assunto, Brito acredita que “é largar o escudo pela cavalinha”, sendo São Vicente a ilha que promove o Festival da Kavala, porém, qualquer semelhança é pura coincidência, como diz o ditado popular. Falando em festival, Dave relembra o famoso Festival da Baía das Gatas que costuma atrair muitos estrangeiros e nacionais para a praia do Mindelo e diz que “depois veremos fila à porta do Consulado de São Vicente na Praia a pedirem vistos para o Festival da Baía das Gatas e também sem esquecer o Carnaval” que como canta Cesária Évora, “ São Vicente é um Brazilim”. Todavia, esse grãozinho de terra que também é conhecido como a ilha do Porto Grande, não consegue arrebatar os corações de todos e há quem escreva: “São Vicente sem o Carnaval, Festival e Final do Ano é parado paradinho, sem contar com um bocado de vento que se leva na cara”, mas gostos não se discutem e no post há gosto para tudo, os apaixonados por São Vicente e os indiferentes que não se deixaram conquistar pelo Monte Cara.


Recorda-se que o crioulo é detentor de uma grande criatividade, diz Ludmila que gostaria de aproveitar esse talento para produzir trabalhos na publicidade. (LUIS SILVA).

Sem comentários:

Enviar um comentário