quinta-feira, 18 de agosto de 2016

[9578] - O PREDESTINADO...


ISAQUIAS QUEIROZ tinha 9 irmãos quando, ainda muito novo, ficou órfão de pai...Aos 3 anos de idade, em 1979, o derrube de uma panela de água fervente deixou-lhe o corpo imberbe perigosamente queimado, a ponto de o médico não lhe dar muitas esperanças de vida.
Enganou-se, o clínico e Isaquias acabou por vencer a morte para, em 1999, já completamente recuperado e com apenas 5 anos,  ser raptado... Cedo, no entanto, foi encontrado pela mãe, numa roça de cacau... De sobressalto em sobressalto, sua mãe, Dilma,  voltou a temer pela vida do filho quando, tendo trepado a uma árvore para recolher uma cobra morta pendendo de um galho, caiu desamparado sobre um pedregulho, o que lhe provocou hemorragias internas e lhe esfacelou um dos rins, que teve que ser extirpado...Passou um largo período na UCI enquanto a mãe rezava a todos os Santos para lhe devolverem o filho são e salvo ela, que já tinha perdido o marido cinco anos antes... Uma vez mais, Isaquias sobreviveu, ganhando, por  motivos óbvios, a alcunha de "Sem-Rim", situação que o obrigava a beber muito mais água do que ao comum dos mortais...
Nunca desistindo de ser alguém na vida, aprendeu a remar num projecto social que ocupava os tempos livres de 200 jovens e acabou por se tornar exímio nesta difícil disciplina...
Em 1 de Setembro de 2013 obtém a sua primeira grande grande vitória, com um 3º lugar no Campeonato de Mundo de C.1/200 metros, realizado em Duisburgo, na Alemanha. No dia seguinte haveria de sagrar-se Campeão  Mundial de C.1/1.000 metros!
E foi este desportista, brasileiro de Ubaitava-Bahia, que já esteve por mais do que uma vez às portas da morte, foi raptado, perdeu um rim e sabe-se lá o que mais, que hoje, no Rio de Janeiro, ganhou o bronze nos 200 metros e a prata nos 1000 metros, por sinal, tripulando um caiaque Nelo, fabricado em Vila do Conde, Portugal!

Adaptado de uma reportagem de
Rede Baia - Globo
Colab. de Nouredini

1 comentário:

  1. Obrigada pela bela homenagem. Daqui a pouco chega a Salvador outro campeão e desta vez traz no peito o ouro no boxe!

    ResponderEliminar