sábado, 31 de dezembro de 2016

[9999] - « AVE CESAR! OS QUE VÃO MORRER TE SAUDAM »



Hoje morre o ano o que, imagine-se, é uma óptima noticia pois proclama a boa-nova do nascimento de outro ciclo de vida…Uma coisa é tudo acontecer,  assim, normalmente, de acordo com as leis do cosmos, outra é engendrar com a morte de indigentes sociais, pactos diabólicos, para gáudio dos senhores de todas as coisas. E pergunto-me a que paroxismos de degradação mental,  terão de mergulhar espíritos animalescos,  preparados para matar e morrer, e para tal, paranoicamente, se oferecem a seus senhores… Felizmente, amanhã haverá um novo dia, de um novo ano, de uma nova esperança!

Feliz ano novo,

Zito

6 comentários:

  1. E nós cá estaremos, nós os quatro, eu, o Praia de Bote, o Zito e o Arrozcatum, fora os nossos amigos fiéis que nos comentam e os outros também fiéis que nos observam, estes medrosos de escrita, mais os 500.000 cabo-verdianos e os nossos incríveis admiradores russos.

    9999 braças, à beira do apetecido e muito esperado 10.000.
    Vivam o Zito e o Arrozcatum,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Vivam os amigos visiveis e também os invisiveis que contribuem para mexer a estatistica.
    A Todos desejo muita Saùde neste Ano Novo que espero nos traga prosperidades.
    Uma saudação especial ao Zito.
    Braças e mantenhas
    V/

    ResponderEliminar
  3. Que alegria chegar aqui, a beirinha da virada e encontrar um post do amigo.
    Dou graças e festejo este grande presente. Não queria ver encerrar 2016 sem mais um grãozinho do Arroz.
    Na espera do post 10.000, desejo a todos paz e harmonia todos. Saude Zito!

    ResponderEliminar
  4. Um bom Ano 2017 a todos e em especial ao Zito com votos de uma rápida recuperação

    ResponderEliminar
  5. Antes de mais um ano de paz e de saúde para todos nós. Que bom ter o Zito de volta com a sua pena em plena forma. Os votos de um 2017 com muito boa produção de post e de textos interessantes.Abraços

    ResponderEliminar
  6. Amigo Zito, que o Novo Ano entre a incitar-nos a todos para a luta, sim, mas para a luta boa, a da vida e em defesa permanente do amor e das causas justas.
    Ah, companheiros bloguistas que não me avisaram que o Zito jé tinha retomado a clava e em plena arena!

    ResponderEliminar