quinta-feira, 19 de junho de 2014

[7054] - MINDELO - CENTRO HISTÓRICO REDIMENSIONADO...

 
O centro histórico do Mindelo foi redefinido como avança o Vereador do Urbanismo, Rodrigo Randall. As novas delimitações foram feitas pela Câmara Municipal em parceria com a IIPC. O Vereador não adianta os novos limites do centro histórico mas avança que algumas áreas foram desanexadas, como a zona de Campinho, mas garante que o centro histórico ficou maior.

Para Rodrigo Rendall, esta nova delimitação “visa, acima de tudo, salvaguardar e valorizar a cidade do Mindelo. O objectivo deste trabalho é dotar o centro histórico de condições futuras para que possamos te um centro histórico mais atractivo e acolhedor, principalmente num país que quer apostar no turismo”.Qualquer intervenção urbanística no centro histórico como descrito, terá de ser avaliada antes da sua execução e, assim, “evitar projectos que podem pôr em risco a harmonia arquitectónica do centro histórico”.

Mas o Vereador defende a urgente necessidade “de um plano de salvaguarda e valorização do centro histórico”. Isto porque, com este plano, “torna-se possível reunir recursos para que realmente se possa valorizar o centro histórico em todos os sentidos”. E também para que a Edilidade possa “fazer cumprir o código de postura no que toca à pintura e à fachada de determinados edifícios”.

“Não significa que não vamos permitir que surjam projectos interessantes que possam dinamizar o próprio centro histórico”, como adianta Rodrigo Rendall, mas classifica como importante “que se consiga um bom equilíbrio com o ‘velho’ centro histórico”.
 E no que tange à questão do património, a culpa tem sido repartida entre o poder local e o poder central. Para a melhor conservação do centro histórico, Rodrigo Rendall defende que “é importante que haja um engajamento e uma parceira forte” entre o Governo e a Edilidade sem procurar culpados e criar sinergias necessárias para criar uma estratégia conjunta.
inCorreio do Norte
Recomendado por
Valdemar Pereira

1 comentário:

  1. Já seria um grande avanço se disciplinassem a pintura e o reboco das casas, aspecto em que reina uma total anarquia em certas zonas.

    ResponderEliminar