quarta-feira, 2 de julho de 2014

[7111] - SOPHIA DE MELLO BREYNER...

 


Ninguém fala melhor de um poeta do que a sua própria poesia!
 
Quando a pátria que temos não a temos
Perdida por silêncio e por renúncia
Até a voz do mar se torna exílio
E a luz que nos rodeia é como grades

1 comentário: