segunda-feira, 4 de agosto de 2014

[7252] - POEIRA DOS TEMPOS...




Fotos cedidas por José F. Lopes

3 comentários:

  1. Última foto

    Lembrança daquelas heroicas mulheres:

    Com uma lâmina, tal qual a precisão de cirurgião, faziam uma pequena incisão no saco... e o precioso "sangue" escorria diretamente para uma bolsa... Arte popular crioula de diazá!

    ResponderEliminar
  2. Boas e nostálgicas fotografias. Note-se que o estilo dominante na arquitectura urbana implicava a existência de um "sobrado" nas casas, influência britânica. Mais de uma vez já emiti a opinião de que a arquitectura local devia manter esse traço característico.
    Quanto às carregadeiras do cais, o Zizim Figueira escreveu uma magnífica crónica em crioulosobre o seu duro e penoso ofício.

    ResponderEliminar
  3. As mornas cantadas pelo Zito aqui continuam e ainda bem.

    ResponderEliminar