quarta-feira, 27 de agosto de 2014

[7315] - LADEIRA DE MATIOTA...

O ANTES (bem enquadrado na paisagem), e O AGORA (tudo a monte).....
Mais uma das maldades arquitectónicas e paisagísticas que se vão fazendo em S.Vicente. Como é possível terem aprovado uma coisa destas?
Até dói só de ver o que aconteceu á nossa antiga casa da Matiota.
E assim se vai maltratando e mutilando alegremente o que resta da paisagem da nossa terra.......
Lucy Bonucci

Fonte - FaceBook


3 comentários:

  1. Só pode....

    -- Constatando o que se passa (passou) com o património histórico de S. Vicente´: - Casa Dr Adriano, Fortim D'el Rei, Éden Park, Escola Nova, Liceu, Central Elétrica, etc... Só pode ser enquadrada numa estratégia deliberada de apagar da História o passado colonial... que, infelizmente, conta com uma sociedade civil, pouco ou nada actuante!
    Este caso é bem emblemático... atente-se no imenso espaço circundante!

    ResponderEliminar
  2. É preciso um novo conceito de urbanismo na cidade que alie a tradição, passado com o modernismo e o presente. Temos que opormos categoricamente a estas barbaridades em nome do progresso e que no fim só trazem mais desgraça para a nossa terra

    ResponderEliminar
  3. Será que as autoridades de S.Vicente não sabem que esta casa foi residência e mandada edificar por Pedro Bonucci, uma das pessoas mais empreendedoras e que no passado mais contribuiu para o desenvolvomento e progresso da cidade do Mindelo? A sua actividade empreendedora e a obra gigantesca que levou a cabo visando a electrificação da cidade, e todo o progresso que isso veio trazer, há muito que já deviam ter tido o devido reconhecimento, mas parece que a história de Cabo Verde só começou depois de 1974.
    Os primeiros edifícios onde foi instalada a central eléctrica, e que deveriam ter sido preservados como património históricos já foram destruídos, esperemos que ao menos , nessa saga destruidora de tudo o que tenha a marca do passado, saja poupada a sua antiga residência.
    A continuar assim , qualquer dia nada resta do património histórico do Mindelo, e neste ritmo de construção em tudo o que é sitio, a paisagem , os montes, os morros, tapados e ocupados pelo cimento, serão coisas do passado.

    ResponderEliminar