quinta-feira, 4 de setembro de 2014

[7354] - VOZES DO ALÉM...



Howard Zinn foi um historiador, cientista político, activista e dramaturgo americano. É mais conhecido como autor do livro "A People's History of the United States", que vendeu mais de um milhão de cópias, desde que foi lançado, em 1980. Nasceu em 24 de Agosto de 1922, em Brooklyn, Nova Iorque, e faleceu em 27 de Janeiro de 2010, em Santa Mónica, Califórnia. 
Vejam como é actual o seguinte texto que ele escreveu (Cfr. Disobedience and Democracy: Nine Falacies on Law and Order, South End Press, 1968). 
  "A desobediência civil não é o nosso problema. O nosso problema é a obediência civil. O nosso problema é que pessoas por todo o mundo têm obedecido às ordens de líderes e milhões têm morrido por causa dessa obediência. O nosso problema é que as pessoas são obedientes por todo o mundo face à pobreza, fome, estupidez, guerra e crueldade. O nosso problema é que as pessoas são obedientes enquanto as cadeias se enchem de pequenos ladrões e os grandes ladrões governam o país. 
É esse o nosso problema."

Pesquisa de Valdemar Pereira


1 comentário:

  1. Um problema gravíssimo mas de difícil solução. O homem, ao cabo de milénios de evolução e progresso ditos civilizacionais, não conseguiu munir-se dos instrumentos racionais e espirituais para conseguir dar verdadeiro sentido à sua existência. Nem o legado de Aristóteles nem o dos filósofos iluministas serviram para que o homem interpretasse convenientemente noções como a liberdade, a igualdade e a justiça, por forma a estruturar a sua existência condignamente e a dar-lhe um sentido escatológico. Nestes tempos em que as inovações tecnológicas tornaram o mundo mais comunicável e simplificaram os processos sociais, parece que, em vez de servirem uma função utilitária positiva, elas vieram iluminar o abismo que nos atrai como a luz atrai a borboleta.

    ResponderEliminar