sábado, 6 de setembro de 2014

[7363] - UM ATUM DE RESPEITO...





PESCADO A CERCA DE 170 QUILÓMETROS DA
COSTA, ESTE BLUEFIN TUNA PESAVA CERCA
DE 550 QUILOS E MEDIA 3,17 METROS...
FOI PESCADO À LINHA, NUMA BATALHA DE
CERCA DE TRÊS HORAS,  PELO FELIZ
PESCADOR DA FOTO, CUJO NOME, AO QUE PARECE,NÃO PASSOU À HISTÓRIA...~
ESTE É UM DOS MAIORES TUNÍDEOS JÁMAIS
PESCADOS...CALCULEM-SE OS MUITOS MILHARES DE SUSHI QUE FOI POSSÍVEL
PREPARAR A PARTIR DESTE GIGANTE,
ASSIM SE CALCULANDO OS MUITOS
MILHÕES DE IENES QUE UM BICHO
DESTES VALE NO JAPÃO!

6 comentários:

  1. Com o atum voador a namorar no Tejo e a só chegar a Queluz na segunda-feira, o Ac'A vai matando o desejo à conta do japona pescador e seu atum gigante.

    Braça enlatada,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Estou mesmo a ver o Arroz, sentadinho frente ao computador, a olhar para esta fotografia e agarrado ao balde de plástico que comprou lá em baixo na loja do chinês Fung Li, a salivar, a salivar, a salivar, à espera de segunda-feira...

    Braça esperante e segunda-feira alcançante,
    Djack

    ResponderEliminar
  3. Isto convida o administrador do blogue a fazer um competente arroz c'atum para todos os frequentadores do blogue. ah aha ah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que o arroz com atum Canório, vai sair...Os frequentadores, provávelmente, terão que se satisfazer com uma ou duas fotos mas podem estar certos de que estarão no meu pensamento aquando da degustação atuneira! Fca prometido!

      Eliminar
  4. A foto leva-me aos meus catorze aninhos (mais ou menos). Pela amizade a uma amiga com quem falo amiùde (vive em Santiago mas... do Chile), ia ao Plurim de Pexe onde era caixeira do par, o célebre boxer Armando ("Ban's") Silva. Não estava enamorado mas havia algo de estranho que me levava ao lugar a qualquer hora disponivel. (Và là saber porquê).
    E entre outros episôdios (castiços), guardei a imagem dos Pescadores que iam ao largo depois do "matar d'injum" (1/4 de litro de grogue) e, poucas horas depois, voltavam trazendo no seu bote UM atum.
    E o dia estava ganho.
    A praia ali estava com outros botes e o seu "animador" ainda não tinha nascido, mas o descobridor do Ac'A jà era mnine d'Soncente diazà, com as devidas prerrogativas
    Naquele tempe ainda Soncente era um czinha sabe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Memórias, Val...Felizmente que elas existem e essas tuas incursões pelo Plurin de Pêxe trazem-me à memória os excelentes bifes de atum de cebolada que Nininha preparava em casa de meus pais e, anos depois, na minha...Delicias de um tempo de uma certa inocência mas, talvez, de uma maior consciência!

      Eliminar