terça-feira, 30 de setembro de 2014

[7474] - POEIRA DOS TEMPOS...


O amigo José F.Lopes, enviou esta foto, certamente colhida no FaceBook, com a legenda de "O Antigo Grémio"...
Não há mindelense - ou mesmo cabo-verdiano - que não conheça este edifício que, antes do mais, foi a residência de um dos mais importantes filhos da terra, de todos os tempos - o Senador Vera-Cruz!
É certo que, durante muitos anos, acolheu o Grémio Recreativo Mindelo e, em anexos do vasto pátio traseiro, a Rádio Barlavento...
Dizia-se - ainda hoje acontece - que era um clube elitista, da alta mas, pelos vistos, um tanto democrático pois eu, anónimo empregado comercial, fui sócio do G.R.M... Mas, também nunca fui indemnizado do que, por direito associativo me pertencia, à data da apropriação política da totalidade das instalações e respectivo recheio, que não era, nem pequeno nem menos valioso!
Aliás, esse conceito de elitismo tem algo que se lhe diga pois parece ser uma constante das sociedades de todas as cores e feitios, incluindo as mais atrasadas, das vetustas às hodiernas...Qual será o país, a cidade, o circulo social onde todos são iguais e ninguém é mais igual do que o outro, como sói dizer-se?!
Vamos dar tudo isso de barato pois, o que, na realidade, nos provoca alguma inquietude é que o belo edifício começa a denunciar vestígios de alguma falta de cuidados de manutenção...Não desejaríamos pensar que, mais tarde ou mais cedo, estaremos aqui a comparar a Casa do Senador ao "antigo" Liceu Gil Eanes!

2 comentários:

  1. Este, certamente seguirá o mesmo caminho que os outros "ta quei de padóce", até à demolição. Ou então ficará de cara feia até que alguém proteste.
    Matrixx

    ResponderEliminar
  2. Compreendo o desabafo do Zito. A tomada do edifício do Grémio onde funcionava a rádio Barlavento foi um assalto à mão armada de propriedade privada. Não sei em que moldes é que o Estado virou proprietário do edifício, se ainda o é, mas não deixou de ser uma expropriação ilegal e estando hoje o país a viver em democracia com leis as coisas são complicadas legalmente.

    ResponderEliminar