quinta-feira, 23 de outubro de 2014

[7560] - VÊM AÍ OS SENADORES...

REFORMA DO ESTADO:
JMN ADMITE SENADO PARA CABO VERDE

O primeiro-ministro, José Maria Neves, presidente incumbente do PAICV, admite a possibilidade de Cabo Verde evoluir para o sistema bicameral, o que passa pela criação de um Senado de 22 representantes da nação (país e diáspora). Este ponto de vista é por ele defendido na revista “Vozes das Ilhas”, que a Unidade de Coordenação da Reforma do Estado (UCRE) lança hoje, na cidade da Praia, e que promete agitar as águas em vários aspectos da nossa vida social, cultural e política. (Jornal "A Nação"


Esta reforma vem no sentido do Memorando da Regionalização que o Grupo de Reflexão da Diáspora enviou ao governo de Cabo Verde há pouco meses. 
Do ponto de vista conceptual e das ideias os regionalista vão ganhando progressivamente a batalha, embora haja muito entulho para frente. Aquilo que era tabu há uns anos discute-se abertamente e sem complexos hoje. 
Neste aspecto conseguimos uma vitória moral sobre os nossos detractores e opositores que pouco ou nada têm contribuído para o debate, para além da chacota e do maldizer. Levamos sem medo as nossa ideias lá onde elas deveria chegar, no centro nevrálgico do Sistema. Agora resta-nos que o eventual futuro debate sobre a Regionalização seja aberto e franco e que não acabemos por desconversar sobre o essencial, evitando trocadilhos jogos de palavras e de conceito para enganar os incautos, tal como as tentativas que assistimos de baralhar a Regionalização, como o Municipalismo e de falar insistentemente de Regionalização Administrativa, quando todos sabemos que a Regionalização é um reforma política e administrativa e nenhum poder regional pode ser privado da sua componente política, o seu braço musculado. Com a aceitação da proposta de Senado tenderemos a caminha para o modelo alemão ou americano ou seja um federalismo regional que deverá ser o culminar de todo o processo, se os parceiros estiverem de boa fé. Mas a luta continuará estamos confiantes na justeza e na superioridade moral das nossa proposta e no longo prazo venceremos. Viva a Regionalização. Viva Cabo Verde autenticamente Livre, Democrático, Plural, Solidário e Honesto. (José F. Lopes)




9 comentários:

  1. Vejamos se agora consigo deixar mensagem.

    Djack

    ResponderEliminar
  2. Neste último ano tenho utiliado o Google Chrome. Com ele, só conseguia entrar aqui como "anónimo". Mas depois das alterações que o Zito disse que fez no blogue, nem assim. Agora fui tentar com o Firefox e consigo entrar novamente como "anónimo" embora de nenhuma outra maneira como era dantes. Enfim, do mal o menos, isto quando mete atum, é uma complicação.

    Braça de pêxe,
    Djack

    ResponderEliminar
  3. Boaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, agora também consigo sem ser anónimo
    Mas pelos vistos, só com o Firefox. Está decidido, para comentar no Arroz, só com Firefox, pont o final. O Atum nao quer nada com o Google Chrome. haverá mais algum comentador nesta situação?

    Braça resolvida,
    Djack

    ResponderEliminar
  4. POIS ISSO, MEU CARO, É DE ESPANTAR, POIS EU SÓ USO O GOOGLE CHROME, DESDE QUE ELE EXISTE...E MATÉRIA DE RAZÕES, A NET É COMO O CORAÇÃO,,,
    Braça de satisfação,
    Zito

    ResponderEliminar
  5. Entro de corpo e alma na Regionalização....
    À saúde vai Google de grogue!

    ResponderEliminar
  6. Também temos o nosso Ceaucescu. A diferença é que nunca faremos o que fizeram com ele.

    ResponderEliminar
  7. O José Maria tem o direito de discordar que a regionalização se faça em Cabo Verde. O que não pode é continuar com expedientes equívocos para iludir o povo sobre as suas verdadeiras intenções.

    ResponderEliminar