domingo, 16 de novembro de 2014

[7624] - NÃO É PARA ENTENDER...

ULTIMO LICEU ONDE ANDEI EM CABO VERDE.

Este Liceu hoje está abandonado e a cair. Fizeram um novo.
Não percebo que numa terra tão pobre como Cabo Verde, pode-se dar ao Luxo de deixar cair um edifício mormente um tão belo e com tantas recordações como este Edifício.
Nem o aproveitam para uma escola, ou então um Museu.
Não é para entender.

Amélia Santa Rita do Sacramento Monteiro


5 comentários:

  1. Ninguém entende patavina. Aliás, há muita coisa que não se entende na nossa querida e saudosa ilha. Como não valorizar o património quando ele não é tão abundante como isso?

    ResponderEliminar
  2. Ninguém entende muita coisa que está a passar em Cabo Verde. Ninguém entende como uma ilha como S. Vicente se encontre abandonada e quando esperneamos somos apodados de bairristas. Por exemplo pedir que uma parte do Campus seja localizada em S. Vicente ou ser contra a atribuição de um Estatuto Especial à Praia é ser bairrista.
    Caros amigos a nossa terra está a ficar um teatro entregue a gente do nível moral e intelectual zero. Não digo mais nada para não alongar na lista.

    ResponderEliminar
  3. A Amélia ou Madame Tità merecia uma postagem à parte para que a gente pudesse dar os comentàrios dessa foguense de boa linhagem.. Não aqui ao mesmo tempo que o nosso Liceu que deixam cair por picardia. Por vingança. Muito temos a dizer de uma pessoa e de um edificio.

    ResponderEliminar
  4. Oh Sr. "cozinheiro" do Arrozcatum. Como disse o comentarista anterior muito temos a comentar sobre o liceu que formou muitos cabo-verdianos e alguns outros que por là passaram e guardam o Gil Eanes no coração. Pessoalmente gradecia o desdobramento

    ResponderEliminar
  5. Dona Amélia está aqui porque a foto do Liceu e o texto são, lógicamente, da sua lavra e que eu "pesquei" no FaceBook...Foi, apenas, mais uma voz a juntar às "nossas"...O nome da senhora é por demais denunciador da sua alta linhagem mas não serei a pessoa mais indicada para dar qualquer tiro de partida...Este espaço está à disposição de quem saiba e queira tomar essa iniciativa em mãos...Percebeste, ó Valdemar?!

    ResponderEliminar