terça-feira, 18 de novembro de 2014

[7637] - A ILUMINAR...HÁ 110 ANOS!...


A mais velha lâmpada do mundo é tão antiga que o primeiro avião ainda não tinha sido posto a voar. Tem 110 anos, chama-se ‘The Centennial Light’ e é provavelmente o engenho elétrico mais antigo e continuamente utilizado pelo ser humano. Se pensarmos em tudo o que mudou desde que esta lâmpada foi acesa pela primeira vez torna-se ainda mais surpreendente.

Mas vamos à história. Estamos em 1901, em Livermore, na California. Uma banda toca na cidade, mas o capitão do quartel de bombeiros tem um anúncio para fazer. O departamento tinha acabado de instalar uma tecnologia moderna, uma das primeiras lâmpadas elétricas, feita de carbono (filamentos). Todos os curiosos foram chamados ao local e tiveram oportunidade para ver a invenção de perto.

A partir daí, o uso deste invento ‘magnifico’ foi estudado por forma a melhorar as condições de segurança das cidades. E depois disso já muitas foram trocadas, mas esta mantém-se acesa. O seu filamento de carbono poderá explicar este facto.

Na cidade, o orgulho nesta lâmpada é tanto que a Centennial Light, do departamento de bombeiros de Livermore, continua orgulhosamente a ser ‘cuidada’, mesmo depois da empresa que a manufaturou, a Shelby Electric Company, ter desaparecido depois de ter sido comprada.

Porém, a luz permanece acesa e nesta parte do país ainda há quem olhe para ela e se orgulhe do legado deixado por Adolphe A. Chaillet, que foi esquecido pela história.

in Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Enviar um comentário