sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

[7593] - A GRANDE ODISSEIA...


Encontrei esta composição na Net...Não sei da origem, nem na finalidade, pois tanto pode querer referir-se a um estado, a um desiderato como, simplesmente, a um desejo, quiçá quimérico!
Mas serve para ilustrar os recentes sobressaltos decorrentes das fracturas ósseas que castigaram minha mulher e que foram objecto de relatos mais ou menos inflamados, mais por via de factos e procedimentos laterais do que em resultado directo das ditas fracturas...
Claro que partir uma perna ou um braço, seja em que idade e circuntâncias for, é coisa corriqueira que acontece a toda a hora e em toda a parte...Outra coisa é o trajecto entre a entrada nos Serviços de Urgência de um qualquer Hospital e a saída pós cura clínica...
Sem querer generalizar, tudo leva a crer, no entanto, que o sub-dimensionamento, quer em espaço físico quer em disponibilidade de profissionais habilitados, técnica e cívicamente, é um mal recorrente, torturante e humanamente condenável...
Não ignoramos haver gente que "entope" tais serviços por lhe ter entrado um cisco para o olho ou estar de ressaca por excessos libatórios  mas que, no entanto, são remetidos, na triagem, para o azul-claro, que chega a ter 24 horas de espera...à espera que muitos deles desistam! Tal, no entanto, e por si  só, não chega para justificar que minha  mulher, entre as Urgências de dois hospitais, tenha estado confinada a uma maca DURANTE 35 HORAS!!!
Entretanto, tudo mudou:  nalguns aspectos melhorou, noutros, nem por isso e os dias de baixa proporcionaram, também, algumas reflexões a que, brevemente, darei corpo...
Por fim e em jeito de epílogo, dou aqui respaldo às palavras de D. Maiúca na carta que endereçou a quem, de uma forma ou de outra, lhe dispensou palavras de apoio e solidariedade...Bem hajam!

1 comentário:

  1. Que d. Maíuca se recupere e vcs possam passar uma Natal tranquilo e em família.
    Sou grata a todos que caminharam comigo ao longo de 2014 e afianço que vcs do outro lado do oceano são boa parte do meu patrimônio.
    Obrigada por serem meus amigos, confidentes e conselheiros.
    Aceitem meu abraços fraterno e cheio de carinho

    ResponderEliminar