sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

[7777] - NÚMERO REDONDO...


PARA UMA BELA CAPICUA (7777), UMA BELA MULHER NUA...
(Amante confessa de atum sem arroz...)
/Obrigado ao Amendes/

5 comentários:

  1. Cá para mim, há um sujeito que neste momento em Queluz anda a fugir pela casa fora com uma bravense a persegui-lo, de rolo da massa em riste e a dizer "Seu patife, seu atum sem vergonha, pior que o Djosa de nha Bia atrás de mnininha d'Lombro, desgraçode, traidor, bô ta bá pa 18-2-8, bô más ess bronca pelóde". E oiço as sirenes do 112, tinóniiiiiiii, tinóniiiiiiiiiiii, o indivíduo já na maca, um olho preto e um enorme galo na tola, um braço ao peito e um perna com tala... ufa, quem se mete com bravenses está bem lixado!!!

    Braça com dó,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Estou pronto a dar uma ajudinha (não sei a quem...): - Levo o atum !!!
    Talvez não seja a solução que agrade mas outra coisa não posso fazer.
    Resilvam e digam

    ResponderEliminar
  3. Temos aqui duas belezas
    Por acaso isto não é um Atum? para uma arrozada ah a hah

    ResponderEliminar
  4. Poema "maluco"

    Namoraram, Namoraram...
    Deu casamento
    Lua de Mel.... na paradisíaca ilha de S. Nicolau
    Lá viveram felizes... por muitos anos...
    Até desquite...
    Ela fugiu para parte incerta...
    Ele... desesperado ...perdido...
    Pelo Cadório foi acolhido...
    É
    Fácil adivinhar....
    O destino do pobre bichano....





    ResponderEliminar
  5. Um atum e uma "atua" juntos é o bastante para desestabilizar o sossego bloguista.

    ResponderEliminar