segunda-feira, 6 de julho de 2015

[8278] - UMA QUESTÃO DE ARITMÉTICA...


Todos os meios de comunicação social são unânimes em constatar que o OXI - (Não) - foi o grande vencedor do Referendo grego de ontem, pela margem retumbante de 61,31%... O que, no entanto, ainda não vimos escalpelizado é que, graças aos 37,5% de abstenções, o OXI foi escolha de, apenas, 3.838.000 de gregos, ou seja, 38,38% dos eleitores o que quer dizer que, 61,62% dos helénicos com direito a voto, ou votaram NAI - (Sim) ou, pura e simplesmente, mandaram o Referendo às urtigas...
Nós bem sabemos que nestas coisas de eleições, referendos e quejandos, há sempre mil-e-uma maneiras de fazer as contas, consoante a cor politica de quem as faz mas, este comentário pretende, apenas, ser um mero exercício de lógica aritmética...É bem certo que, nestes meandros da Democracia também existem pequenas-grandes coisas que parecem ser mas não são e não será por acaso que há quem diga que ela é, apenas, o menor dos males ou, de forma mais extrema, a ditadura da maioria...Enquanto no Mundo houver mais do que uma cabeça pensante, haverá sempre distintas visões do mesmo facto; por isso é que viver, sendo uma actividade perigosa é, no entanto, empolgante! 
E vivam os Referendos!

Sem comentários:

Enviar um comentário