sábado, 1 de agosto de 2015

[8337] - CAÍRAM AS PRIMEIRAS CHUVAS...


As ilhas de S. Tiago, Fogo e Brava, foram as beneficiadas com as primeiras chuvadas da época que, embora de pouca monta, são um aceno de esperança para os esforçados agricultores do Arquipélago, vítima de longas e cíclicas secas...
Seria desejável que a escassa pluviosidade fosse aproveitada até à última gota mediante obras de retenção dos caudais...Em boa verdade, faz doer o coração, quando a chuva é abundante - o que é raro - ver o preciosíssimo liquido galgar as encostas a caminho do mar, tingindo as praias dum tom ocre que ali fica durante semanas como que a acusar os homens da sua incúria...E isto acontece, meus amigos, há séculos!

2 comentários:

  1. Cisternas de enxurradas ou segunda água para produção, Cisternas domiciliares com o aproveitamento da água dos telhados, barreiros de salvação para animais e tantas outras tecnologias baratas e eficazes.
    Os moradores podem ser treinados para fazer e multiplicar a tecnologia em suas localidades.
    Braça

    ResponderEliminar
  2. O Arrozcatum ilustrou com palavras acertadas a notícia das chuvas. Vá lá, algumas barragens vão sendo construídas, embora com um atraso de décadas. Isso, sim, é investimento produtivo.

    ResponderEliminar