terça-feira, 22 de setembro de 2015

[8477] - TERRORISTAS ESTÚPIDOS...


Tenho o maior respeito e consideração por António Guterres que, depois de ter sido Primeiro Ministro do Governo de Portugal é, desde 2005, Alto Comissário da ONU para os Refugiados...
Mas, o facto de nutrirmos por alguém respeito e consideração, por maiores que tais sentimentos sejam não nos devem coartar o direito de discordar de algumas das suas posições, por mais alto que seja o cargo em que esteja investido...
Hoje, de manhã ouvi o Senhor Alto Comissário, na televisão, num pronunciamento sobre a actual avalancha de refugiados (!) que submerge a Europa de uma ponta à outra, discordar frontalmente de algumas vozes que, aqui e acolá se levantam, agitando o fantasma (!) de que no meio desta enxurrada de gente se acobertarão terroristas que, desta forma, se vão infiltrando no Velho Continente sobre a capa de refugiados das guerras e de outras catástrofes mais ou menos derivadas - diga-se - de uma má gestão do Ocidente dos acontecimentos que se clama estarem na origem desta fuga em massa...Dizia Guterres que "os terroristas não são estúpidos para se meterem em barcos sem nenhuma segurança enfrentando a possibilidade de um naufrágio que pode ser fatal..."
Pois, meus amigos eu, por exemplo, acho que os terroristas - todos eles -são estúpidos ou não se meteriam, como muitos deles fazem, em acções de violência do tipo "kamicaze", sacrificando a própria vida com a única motivação de semear a morte à sua volta...Se isto não é uma estupidez, senhor Alto Comissário então, eu acredito que não haverá terroristas a infiltrarem-se na velha Europa a coberto da turba em debandada, provinda do sul e de leste...

3 comentários:

  1. O Guterres é dos melhores cidadãos portugueses que conheço. Ele está bastante acima da média dos nossos políticos, quase que se situando numa estratosfera da nossa política. Mas isso não quer dizer que acerte em tudo quanto diz. Nesta afirmação sobre a minimização do risco de se infiltrarem terroristas nas hotes dos refugiados, eu também não poria a mão no fogo. Essa gente é maligna, é a incarnação daquilo que os livros sagrados tipificam como diabo. Essa gente, mais do que contrária à nossa civilização, é contrária ao sentido da vida humana

    ResponderEliminar
  2. Penso que Guterres foi dos melhores entre os que se sucederam depois do "Abril" e que conseguiu prestigio nas funções que vem desempenhando mas o seu cálculo de não associar a hipótese dos terroristas estarem neste corredor onde passam os migrantes é primário.
    Não compreendo os jovens que fogem à guerra deixando o crianças, mulheres, velhos, tradições a valores aos bárbaros para o sossego em terra dos outros. Quem defende a terra? Sobretudo que é mania de condenar mesmo as intervenções ditas "ingerências para a paz".

    ResponderEliminar
  3. Realmente, intriga ver tantos jovens em debandada.

    ResponderEliminar