quarta-feira, 7 de outubro de 2015

[8525] - LIBERTADOS...DESEMPREGADOS!...


UCS: “o cenário de pessoas desempregadas nos bairros de São Vicente é desolador”...
O presidente do MpD considerou que o cenário de pessoas desempregadas nos bairros de São Vicente é desolador:“ aqui, nota-se de uma forma massificada muitos jovens sem nada para fazer e quando é assim acaba por degradar todo o ambiente social , pois as pessoas ficam sem esperança”. Por isso diz que a mensagem que traz às populações de São Vicente è de esperança.
http://noticiasdonorte.publ.cv/…/uls-o-cenario-de-pessoas-…/

É assim que S. Vicente comemora os 40 anos da Independência. No artigo que publiquei hoje no Liberal questionei o seguinte sobre o cenário dos bairros de São Vicente.
""E as Ribeiras Botes, as ditas zonas libertadas, baluartes revolucionários do Verão quente de 1975, não estarão hoje mergulhadas em problemas sociais mais preocupantes do que em 1974, com o desemprego a ser um pano de fundo irremovível? Não pode haver maior ironia, 40 anos depois, sobretudo para os desgraçados que foram carne para canhão para uma pseudo-revolução, que acreditaram nas promessas e que ainda hoje são parodiados na propaganda!"""
Há 40 anos eram o mindelenses que visitavam a desolação da ilha de Santiago e defendiam uma revolução para mudar Cabo Verde e resolver os problemas e o atraso crónico desta ilha. Cabo Verde mudou sim mas S. Vicente ficou para trás porque o desenvolvimento de Cabo Verde é poeira para os olhos para inglês ver: o modelo pura e simplesmente não funciona.
O caminho é a Regionalização Administrativa e Política de Cabo Verde!
(José F. Lopes)

2 comentários:

  1. Além de desolador, isto causa preocupação a pessoas que pensam sem partidarismos e que querem o melhor para a terra.
    O cenàrio não parece aquele SãoCente que conhecemos na nossa adolescência, mesmo com a falta de trabalho e miséria.
    Saimos por falta de trabalho condigno, temos desempregados a mais e não temos condições minimas para receber pessoas
    que procuram melhores dias.
    Tenho pena tanto pelos que ficaram como os que pensaram em paisagens verdes e encontraram tardes bem pardacentas.

    ResponderEliminar
  2. 'LIBERTADOS'...DESEMPREGADOS Este título diz tudo.

    ResponderEliminar