domingo, 11 de outubro de 2015

[8535] - A L E R T A ...


Você sabia que, se de repente deixassem de existir insectos, a Humanidade não sobreviveria mais do que seis a sete anos?!  Pois bem... Um estudo realizado ao longo de vários anos por cientistas da Universidade de Calgary, no Canadá e recentemente divulgado, prova que, em consequência, principalmente, dos insecticidas e outras drogas utilizadas na agricultura, em todo o Mundo, as colónias de abelhas e abelhões estão a ser dizimadas de forma sistemática, em todo o globo!
Para além de produtoras por excelência de cera, mel e geleia real, as abelhas são os mais eficientes polinizadores do reino animal pelo que o seu desaparecimento levaria à destruição, pura e simples, de muitos eco-sistemas, colocando em perigo a existência da raça humana, ela própria!
A pergunta que ocorrerá a toda a gente será, óbviamente, sobre o que se estará a fazer para obviar a uma tal hecatombe?!
Pessoalmente, não sabemos de nada pelo que, se algum dos nossos eventuais leitores souber de alguma coisa, agradecia que aproveitasse o ensejo e pusesse o pessoal ao corrente...Obrigados!

1 comentário:

  1. Além de insecticidas e fertilizantes químicos que muito mal têm feito à apicultura, a Franca se viu ultimamente a braços com uma abelha asiática maior) que mata o insecto indígena.

    O mundo está às avessas e tudo corre mal por culpa nossa. Armados em espertos, inventamos (criamos) muita coisa indevida.

    E agora?

    ResponderEliminar