sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

[8772] - E VIVA A GREVE...


Talvez a talhe de foice do "post" Nº 8768, o A.Mendes remeteu este documento da Greve Geral de 1921, em Portugal!...Não tão "geral" como isso pois, pelo menos o   condutor do "eléctrico" e alguns polícias a cavalo e de "chanfalho" bem à vista, estavam de serviço...Quando ao resto, o ar de festa é evidente - pudera! - e mulheres quase se não vêem...De notar que são também raras as cabeças descobertas pelo que, na época, o negócio dos chapéus, das boinas e dos bonés devia correr de vento em popa... 
Quanto à exuberância, resta saber se deve à inebriação pelo direito laboral ainda jovem ou à libação pelo bagaço à saúde da sindical folga!

4 comentários:

  1. De greve em greve, passou a mandar a bagunça, até que Salazar aparece e diz: agora mando eu.

    ResponderEliminar
  2. Prosseguindo, não se pode dizer que seja fácil governar a rapaziada em democracia. A malta, quanto mais liberdade possui mais abusa. Salazar sabia-o...
    Com o governo do Passos Coelho, poucas greves houve, se calhar por se saber que ele não abria mão por dá cá aquela palha, bem pelo contrário, apertava o garrote. Vamos ver se com o actual governo, mais aberto e mais tolerante, a rapaziada não começa a abusar. Se assim acontecer, mais uma vez se dará razão a Salazar quando disse: Ah, é preciso pulso porque conheço bem o povinho que governo.
    Bem, quanto a Salazar, vade retro! O caminho da democracia se faz caminhando, é o que esperamos.
    Mas para quê estar a falar sozinho?…

    ResponderEliminar
  3. Detesto a greve porque quando ela vem é prova de que alguma coisa não està bem e depois ninguém sabe se serà melhor (ou pior).

    ResponderEliminar
  4. Dêem-me um emprego ( trabalho, não)! Que eu juro, pâ cinco chagas de Cristo que não farei greve!
    ....
    Há uma grande empresa que depois de totalmente privada, nunca mais ouve greve: - EDP ...( era dia sim dia não) será por ter sido comprada pelos camaradas chineses?

    Vamos "grevar " o Parque Olímpico da Praia.

    ResponderEliminar