quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

[8794] - FELIZ ANO NOVO!...


57 comentários:

  1. Obrigada Zito, na parte que me tocou.

    Muita saúde para o meu querido amigo e toda a sua família. Desejos de um novo ano repleto de paz, tranquilidade e de bons afectos.
    Abraços
    Ondina
    NP.S. Acompanho estes votos ao som da eterna e bela melodia de «Boas Festas» aqui inserida e que venho ouvindo sempre que visito o «Arrozctum». Soberba interpretação e já clássica!

    ResponderEliminar
  2. Que 2016 nos traga melhores venturas que o que termina dentro de horas.
    Cà estaremos com imenso agrado com a sabura do Arroz com, ou sem o atum.
    Felicidades a todos

    ResponderEliminar
  3. Pois é, Zito, diria que sonhar é o que nos resta, mas ainda acredito que temos condições para mudar a realidade a favor dos nossos anseios de justiça paz e pão para todos. Esta música do Luís Morais produz o efeito de um estímulo, em que a alegria festiva se mistura com boas doses de alento.


    Boas Festas para todos.

    ResponderEliminar
  4. Mas o que aconteceu ao atuneiro-mor? Ainda a dormir sobre o repasto nocturno? Queremos atum novo!!!

    Braça no dia 1 de todas as mudanças,
    Djack

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Djack, paródia de São Silvestre é paródia de São Silvestre, e o Zito já não tem os 20 anos de outrora. Aliás, é ver o nhô Amancinho, que, segundo as suas vizinhas, ainda dorme a sono solto, roncando de uma maneira tal que se ouve por toda a ladeira-

      Eliminar
    2. Li agora mesmo aqui na Internet, na "Gazeta de São Vicente", que ontem pelas 00h28 deu entrada no Hospital Baptista de Sousa do Mindelo um sujeito que comemorava com grande aparato o São Silvestre na ilha de São Vicente. Parece que alguém o viu mergulhar de cabeça na Baía a partir da Ponte d'Água (perto de onde era o Cais da Alfândega, agora desaparecido), dizendo em altos gritos "Até que enfim!... Até que enfim!..." e que pouco após deu com o frontal, o occipital, o esfenóide, o etmóide, o temporal e o parietal em cima de uma rocha do fundo. Conta o jornalista da "Gazeta" que não se conhece a identificação do senhor e que quando acordou só falava em arroz com atum e arroz com atum e mais arroz com atum. No bolso tinha alguns tickets de restaurantes de Queluz, pelo que as autoridades pensam que ele será ali morador. Ao que consta, as autoridades cabo-verdianas já estão em contacto com as de Portugal, para ver se deslindam este complicadíssimo mistério de identidade. Como o Zito desapareceu do mapa neste dia 1, às tantas é ele...

      Braça desesperada,
      Djack

      Eliminar
  5. Vi agora na "Tribuna do Monte Sossego" que o senhor em causa era MESMO o Zito e que já recuperou a memória. No entanto, ainda não estará totalmente bem, pois diz que enquanto esteve dentro de água lutou contra três tubarões e duas moreias e que conseguiu matar os cinco a murro e à dentada. Diz um outro jornal, o "Arauto de Fonte Cónego", que o Governo cabo-verdiano lhe vai pagar a viagem de regresso em classe executiva num avião dos TACV e que o autorizam a trazer para Portugal 100 quilos de atum das ilhas em contentores frigoríficos, tudo oferecido pelas autoridades locais. Rapaz cheio de sorte...

    Braça encantada,
    Djack

    ResponderEliminar
  6. O "Clarim da Baía das Gatas" acaba de anunciar que mal chegado a Portugal Zito Azevedo rumou de novo para Cabo Verde encontrando-se agora na estância balnear do mesmo nome por tempo indeterminado. "Que se lixe o Ac'A, eu quero é estar aqui de papo para o ar pelo menos uns dois meses, fora passear pelo Mindelo e comer umas lagostitas e umas cachupitas, depois logo se vê", afirmou ele a Naise "Picnim" Lima, repórter do "Clarim". Entretanto, parece que o possuidor da antiga "sweet voice" da rádio cabo-verdiana está a encetar conversações com um grupo económico local, no sentido de criar uma nova estação radiofónica que se chamará "Rádio Arrozcatum".

    Braça em ondas-curtas,
    Djack

    ResponderEliminar
  7. Djack, bem me parecia que este fjon tinha tucim. Na verdade, só um inesperado regresso a nôs terra explica esta ausência do blogue. E quanto a essa notícia sobre sobre a intenção de criar uma rádio privada no Mindelo, não é que tudo faz sentido? Melhor resposta não podia haver depois de terem desfeiteado a honrosa memória da Rádio Barlavento com o aproveitamento do seu assalto por um bando de idiotas para assinalar o Dia da Rádio em Cabo Verde.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É claro que sim, Adriano. O homem está em Cabo Verde, é garantido. Acaba de me telefonar do Maio um amigo que viu o que nós aqui referimos, dizendo que viu o Zito em Porto Inglês e em Cascabulho. Parece que a "Rádio Arrozcatum" terá ali um retransmissor. Até já estão contratados cinco colaboradores, pessoas da terra. E também tive um email de outro amigo, este de São Nicolau, igualmente frequentador do Pd'B e do Ac'A, que me informou que o Zito esteve ali uns dias, no Juncalinho e nas Fajãs de Cima e de Baixo, a recrutar pessoal que agora está a receber formação na BBC.

      Braça com ondas hertzianas,
      Djack

      Eliminar
  8. Adriano, olha o que saiu há minutos no "New York Times":

    NEW RADIO IN CAPE VERDE.
    Known broadcaster Zito Azevedo renews the concept of radio and mounts modern digital station in St. Vincent. The station, which will have 86 employees in all the islands and 34 offices in five continents, presents a budgeted equipment at 58 million euros.

    ResponderEliminar
  9. Olha, olha, a mesma notícia acaba de sair no "Pravda":

    Новое радио в Кабо-Верде.
    Известный телеведущий Зито Азеведо обновляет концепцию радио и монтирует современные цифровые станции в Сент-Винсент. Станция, которая будет иметь 86 сотрудников в всех островов и 34 отделений в пяти континентов, представляет бюджетную оборудование на 58 млн евро.

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. O semanário "Corneta da Praça Nova" divulga que o Ministério da Rádio e TV de Cabo Verde autorizou Zito Azevedo a montar a sede da "Rádio Arrozcatum" no nariz do Monte Cara e consequente construção de um teleférico que ligará a penca da face de pedra à Praia de Bote, de modo a permitir o fácil acesso dos funcionários à futura estação radiofónica. Consta que já está no Mindelo a equipa de trabalho, vinda expressamente de Miami, para estudar a construção deste equipamento que revolucionará a ilha do Porto Grande.

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  13. Esta apanhei-a no "Estado de São Paulo" (conhecido como "Estadão"), mas a notícia é datada da época do Natal, há cerca de uma semana, e foi escrita pelo famoso repórter Jarbas Itamarandá de Sousa:

    Radialista Zito Azevedo chega no Brasil para adquirir radionovelas para sua nova estação "Arrozcatum" de Cabo Verde. O cara contactou vários artistas da Globo e das Rádios Estaduais de Guritipa, Ibaruçu e Murimbamba. o "Estadão" sabe que miss Bumbum lhe pediu emprego mas Zito alegou que rádio não tem imagem e que portanto seria dinheiro deitado fora se contratasse ela. Sua mais recente actividade conhecida foi a aquisição de um terreno no Pantanal para instalação da delegação da "Arrozcatum" em nosso país. Dado que o local é alagadiço e tem piranha, ninguém sabe como os empregados irão para lá. Nosso jornal aguarda desenvolvimentos.

    ResponderEliminar
  14. Mas, Djack, o que não disseste ainda é que este projecto de rádio só será implementado depois da criação da Região Autónoma de S. Vicente. O problema é que está tudo ainda no segredo dos deuses e há quem diga que aquilo que aqui noticias te foi soprado ao ouvido pelo jornal diário português Correio da Manhã. E também consta que o JMN emitiu um comunicado em que diz que vai mover uma providência cautelar contra o jornal português. Tudo porque a Praia entende que rádio privada só pode ser na Praia. Daí não se rejeitar a veracidade do que dizes, desde que fique claro e acrescentes que a ideia em vista só será concretizada com o governo regional de S. Vicente.

    ResponderEliminar
  15. Sim, não há dúvida, a comunicação social de São Vicente corrobora o que o Adriano diz. Parece que a rádio do Zito afinal terá designação mais longa: "Rádio Regional São-Vicentina Arrozcatum". Mas como o título é demasiado longo, ele já registou na Conservatória do Registo de Títulos Comerciais a sigla RRSVA como nome efectivo, à americana. E soa-se na ilha que a inauguração está prevista para o primeiro dia de Carnaval de 2016, com bloco inserido no desfile com um ctchada d'mnininha vestido d'antena de rade.

    ResponderEliminar
  16. Adriano, vi agora no "Guardian" de Londres:

    "The broadcaster Zito Azevedo asserted in our report that the new regional radio itself created, the RRSVA, will have the first issue on 9 February this year, during carnival celebrations on the island of São Vicente. The reports of this first day will be given by several special guests, among which we quote: Valdas d'Teatre, Djack d'Captania, Didi Bala and Djosa Lopi."

    Será que o Zito nos garante viagens de borla? Eu só vou assim. Trabalhar de graça, nem pensar, era o que faltava.

    ResponderEliminar
  17. Bom Rapazes eu não concordo com mudança de nomes. O nome vai ser Rádio Barlavento e vamos tomar as instalações para serem de novo a sua sede

    ResponderEliminar
  18. Dois dos intervenientes estão com a razão e acertaram na mouche:

    De facto, como diz o Djack, as mnininhas vão se enfeitar de antena de rádio. Bate certo porque vi no Mindelo, na minha última visita, mnininhas compridinhas e estanhadinhas que nem precisam de grandes mascarações para se fazerem de antenas.

    E o José diz bem. Vai haver um reviralho que vai deixar toda a gente de olhos em bico. Há um movimento de massas que está a engendrar algo nunca visto na tchon de Soncent. No dia de Carnaval, todos os antigos assaltantes da Rádio Barlavento estarão mascarados de juventude, recriando o ano de 1974: grandes cabeleiras à Afro e calças à boca de sino. Desta vez vão assaltar a rádio gritando: Asneira, foi asneira nossa! Queremos de volta a nossa Rádio Barlavento!

    ResponderEliminar
  19. O nosso Zito estará fora?... Temos saudades...

    Volte breve. Bom ano!

    Abraços

    Ondina

    ResponderEliminar
  20. Ora, então, muito boa tarde...Muito obrigado pela preocupação mas posso assegurar que foram exageradas as notícias da minha morte, da minha ressurreição e de outras andanças mais ou menos rocambolescas engendradas pelas férteis mentes de duas personalidades cuja amizade muito preso e muito me honra...Aproveitarei a deixa, no entanto, para vos desvendar um segredo: não queria morrer sem ganhar o Euro-Milhões para poder regressar a S.Vicente e refundar o RÁDIO CLUBE MINDELO, que considero a primeira pedra do edifício da Radio-Difusão em Cabo Verde...Seria o melhor preito de homenagem que se poderia dedicar à meia-dúzia de sonhadores que, nos anos 40 do século passado conquistaram o éter a partir de zero...
    Já agora, sempre explico que nos últimos três dias apenas tenho vindo a casa para dormir umas breves horas: a família, felizmente, consegue manter aquela velha mania se estar toda junta nas épocas festivas e porque, graças a Deus, gostamos muito uns dos outros, não deixamos escapar a mínima oportunidade para confraternizar...Desculpem lo silêncio mas creiam que foi por uma boa causa!
    Um braça chei de morabeza!
    Zito

    ResponderEliminar
  21. Morte eu sabia que não tinha sido, pelo que se vê pelas notícias de jornais estrangeiros que aqui divulguei e também porque telefonei para o "dezóite dôs ote" de São Vicente e de lá disseram-me que ainda não morava ali nenhum Zito... quanto ao resto, não acredito que tenha havido exageros. Acho é que o Zito se está a cortar no pagamento das viagens para São Vicente aos que estavam indigitados para fazer as reportagens especiais do primeiro dia de emissão. Está mal, está mal, primeiro promete e depois corta-se. Radialistas... bahhhhhhhh

    Braça desiludida,
    Djack

    ResponderEliminar
  22. Se fosse aqueles concursos do «Praia de Bote» quase que levaria (acertaria) a folha de acácia... afinal, o nosso Zito esteve fora de...porta de casa.

    Abraços
    Ondina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Zito nem sequer tentou responder ao concurso. Ele quer lá saber dessas coisas, agora. Agora é só rádio, rádio, rádio, não vê mais nada.

      Braça sem ramos de acácia,
      Djack

      Eliminar
  23. Não, Djack, não te fies nesse comentário que vem com o nome do Zito. Aquilo é um holograma, aquilo é para deitar poeira aos olhos da malta. É claro que o Zito está vivo e são como um pêro, e para já não há razão para falar nessa coisa do "dezóite dôs ote”, até porque o guarda do lugar está com uma fusca valente desde a véspera de São Silvestre e não dá acordo de si. Tal é a fusca que o gajo diz, em palavras enroladas, que a última pessoa que ali foi enterrada foi o Damatinha. Essa notícia sobre essa rádio ainda não está desmentida e vamos esperar até que as rádios estrangeiras tenham a última palavra. O Correio da Manhã é o que temos mais à mão para saber alguma coisa, mas desde que o Zé Maria meteu a providência cautelar, enfiaram o rabo por entre as pernas e nem sobre o José Sócrates já se atrevem a piar. Portanto, vamos aguardar para uma explicação mais fiável.Em último caso, pedirei ao comandante do Regimento de Infantaria 15 para activar o pelotão de reconhecimento e os cães pisteiros. Mas não nos precipitemos, para já.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Adriano, o guarda a mim disse-me que o último a atravessar a porta do 18 2-8 tinha sido o Djosa de nha Bia, mas a verdade é que o malandro do Djosa está vivinho da Silva e já foi contratado para relações públicas da nova rádio do Zito. Sim, tal como tu, não acredito no que o Zito aqui tem escrito hoje, cá para mim é tudo poeira para o sucesso da nova rádio ser maior, um verdadeiro estrondo, quando começar a aparecer nos transistores Philco das ilhas com o seu slogan: "Aqui Rádio Regional de São Vicente Arrozcatum, Zito Azevedo regressa para vos servir, abram essas orelhas e comecem a ouvir".

      Eliminar
  24. Pois, meus caros, de uma coisa nos podemos gabar: houve gente que começou o ano na maior, esbanjando boa disposição e denunciando uma vocação muito vincada para a prosa imaginativa, digna das sagas da literatura de aventuras da nossa juventude, tipo Salgari e Cia...
    Faço votos para que se continue a fazer da vida uma festa por que ela e nós, o merecemos!
    Braça
    Zito

    ResponderEliminar
  25. Ultima hora

    Segundo a o Jornal de Negócios a Zon, está a negociar com a Rádio TV ACATUM.... para a transmissão exclusiva para cabo Verde. Avança-se com valores a rondar os 123 milhões de euros. A primeira antena retransmissora será eriga na Rocha de Cagá de Pássro..."

    ResponderEliminar
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  27. Vocês não vêem que o Zito nunca mais colocou nenhum post? Cá para mim, o Arrozcatum como blogue tem os dias contados. Acabou-se!!! Finito!!! That's all Folks!!! O homem agora só tem cabeça para a nova rádio, ele não vê mais nada, passa o tempo de avião para cá e para lá, já tem quarto cativo no Hotel Porto Grande, passa os dias a deambular pelo Mindelo, a contratar pessoal, a comprar material, equipamento, adereços, até o Djosa de Nha Bia vai trabalhar para ele como relações públicas.

    Adeus ó Serra da Lapa, lá lá lá, perdão, adeus ó Arrozcatum,
    Djack

    ResponderEliminar
  28. O Praia de Bote acaba de divulgar uma foto enviada pelo Zito Azevedo que mostra quem é a locutora principal da Rádio Regional de São Vicente Arrozcatum. O rapaz tem bom gosto, de facto, mas d'certéza, ele ta bá ranjá tchéu d'problema c'êss mnininha...

    Braça com receio,
    Djack

    ResponderEliminar
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  30. Já começaram os tumultos na Rádio do Zito... Eu bem disse que era inevitável!... Djosa de nha Bia (relações públicas da estação) e Piduca Barbosa (mecânico de rádio) envolveram-se em enorme cena de pancadaria por causa de Zinha de nhô Tói Évora, a locutora principal. Ambos estão internados no Hospital Baptista de Sousa, Djosa com cinco dentes e uma costela partidos, por ter levado um soco e ter caído em cima de um gira-discos e Piduca com uma orelha rasgada e uma tíbia fracturada. Como nenhum deles apresentou queixa, a Polícia não foi chamada e o caso parece que está a ser abafado, para não dar má imagem da nova estação. Consta que, doravante, Zinha ficará fechada à chave enquanto estiver no ar, para evitar mais distúrbios.

    ResponderEliminar
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  32. Hoje na RTP1, Zito desvendou durante o Telejornal que ARROZCATUM significa A_ctivar R_ádio R_egional O_bra do Z_ito C_ontra A_queles T_otalitarismos Ú_nicos no M_indelo. Mais um sinal de que o Ac'A tem os dias contados e a nova rádio vem aí. O problema é mesmo a Zinha. Às tantas, a rapariga tem de ser despedida pois com um aspecto daqueles só vai trazer problemas. Imagino as colegas cheias de inveja, vão fazer-lhe a vida negra, vai ser mesmo um problema tramado...

    ResponderEliminar
  33. RTCV mostra grande manifestação do povo do Alto de Santo António (Mindelo) contra o fim do Arrozcatum como blogue. "Nôs qu'rê dôs cosa: blogue e rádio, Zito ca bô fetchá êss blogue, please!!!" gritavam os manifestantes enquanto passavam perto do antigo cinema Park Miramar.

    ResponderEliminar
  34. As Sousa, Clara e Judite, abandonam as televisões onde trabalhavam, a troco de ordenados muito superiores na nova "Rádio Regional de São Vicente Arrozcatum". "Estamos muito felizes por podermos colaborar neste projecto do nosso colega Zito Azevedo e por podermos ir trabalhar para Cabo Verde, terra que adoramos. Por outro lado, será uma honra irmos trabalhar com a estrela do momento em Cabo Verde na área da rádio, Zinha de nhô Toi Évora", declararam ao famoso blogue "Praia de Bote"

    ResponderEliminar
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  36. Ministro cabo-verdiano da Rádio, Televisão e Blogues tenta travar extinção do "Blogue Arrozcatum", fechado pelo seu proprietário, agora que só se preocupa com a nova Rádio que criou no nariz do Monte Cara. O ministro Silvestre "Djunguinha" Semedo-Lima Morais já divulgou que oferecerá a Zito Azevedo uma cachupa rica semanal que este receberá sem encargos na sua residência de Queluz, vinda expressamente do Mindelo em contentor diplomático, se o famoso radialista mantiver activo o blogue cabo-verdiano fechado há vários dias e em risco de desaparecer em definitivo. "Arrozcatum só tem um, ele ca ta podê cabá, m'ta fazê tude pa mantel vive" disse o ministro, emocionado, à RTCV. Esperemos que assim seja, esperemos...

    ResponderEliminar
  37. Decorrem neste momento no Mindelo e também em Santa Luzia várias manifestações contra a extinção do blogue "Arrozcatum". Milhares de pessoas vieram para as ruas em protesto, exibindo cartazes onde se pode ler: "Se Arrozcatum ta cabá m'ta matá cabeça", "Nôs qu'rê dôs cosa: blogue e rádio" e "Zito só tem um, aquel d'Arrozcatum". Polícia de intervenção está atenta aos acontecimentos, sabendo-se de pelo menos dois casos de vandalização provocados por esta onda de protestos: desapareceu o Passarom e foi destruído quase todo o pavimento da Praça Nova.

    ResponderEliminar
  38. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  39. Zito de Azevedo encontra-se em Nassau (Bahamas) e já enviou para o Mindelo, restante Cabo Verde e Portugal uma mensagem destinada a sossegar a revolta provocada pelo encerramento do blogue "Arrozcatum". Diz ele que está com a sua locutora principal Zinha de nhô Tói Évora no Paradise Harbour Club e que está muito bem, a planear a nova rádio e que voltará oportunamente ao blogue, agora sua segunda prioridade. "Neste momento estou a saborear uma água de coco e um gin-tonic aqui debaixo de uma palmeira, enquanto a Zinha está a dar mergulhos na piscina... é pá, agora saltou-lhe a parte de cima do biquini"... foi a parte final da sua mensagem.

    ResponderEliminar
  40. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  41. Notícia do El País de hoje: UNESCO declara o Arrozcatum PMI (Património Mundial da Internet) e solicita a Zito Azevedo que não feche a porta de um dos melhores blogues cabo-verdianos. A instituição compromete-se a oferecer-lhe um helicóptero para facilitar as deslocações do nariz do Monte Cara (onde está a ser edificada a nova "Rádio Regional de São Vicente Arrozcatum") até à Praia de Bote, tornando-as assim mais rápidas que através do teleférico construído para o efeito.

    ResponderEliminar
  42. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  43. "Zito Azevedo visto hoje em Lisboa a comer ossobuco e cozido à portuguesa". O título é do "Correio da Manhã". Intervalo nos trabalhos da nova rádio, está claro...

    ResponderEliminar
  44. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  45. Primeiro grande espectáculo da "Rádio Regional de São Vicente Arrozcatum" terá lugar na sede do Clube Castilho, com peça de teatro encenada por Valdemar Pereira intitulada "Do blogue à rádio, Arrozcatum um stóra de sucesso". A notícia foi revelada pelo blogue "Praia de Bote"

    ResponderEliminar
  46. Finalmente, posso dar os parabéns ao repórter de serviço confirmando ter degustado um óptimo cozido, hoje, ao almoço...Lamento não ter estado mais presente por aqui, mas sofro de uma espécie de ressaca emocional que os festejos de Natal e Fim-do-Ano sempre me provocam...No que toca às novidades, ainda não fui ao PdB, hoje (neste momento são 16H04)...Não quero, entretanto, deixar de referir que este extensíssimo relato das minhas andanças ocupacionais que têm ocupado o Djack nestes últimos dias ultrapassou tudo o que alguém poderia ter imaginado ser possível brotar de uma mente humana sã, como julgo ser o caso...Muito me diverti - podem crer - e até me emocionei pois o amigo Djack parece ter percebido bem o quanto me realizou ter feito rádio em Cabo Verde e o quanto me custou o fim brutal dessa actividade, no tristemente célebre 9 de Dezembro de 1974...Espero estar de volta a 100% nos próximos dias, depois de recuperar a estabilidade emocional necessária para uma comunicação sem ambiguidades e soluções de continuidade...
    O miúdo da bola colorida deve estar divertidíssimo com a quantidade de prosa de tão quilate que a sua pueril figura ocasionou...Ainda bem!
    Até já...
    Zito

    ResponderEliminar
  47. Bjs amigos
    Aqui calor de 30 graus as 4 da tarde.
    Vejo que se divertiram na minha ausência. Fico feliz com a bagunça dos meninos!

    ResponderEliminar
  48. Bjs amigos
    Aqui calor de 30 graus as 4 da tarde.
    Vejo que se divertiram na minha ausência. Fico feliz com a bagunça dos meninos!

    ResponderEliminar
  49. Isto que vou dizer será certamente para encerrar o processo. A Zinha terá sido causa de algum rebulice que todo este caudal de notícias e contra-notícias suscitou. Ela foi de facto causa de muita ciumeira entre a malta do Mindelo, a ponto de ter dado azo a algumas sessões de boxe na via pública.
    Mas tudo está mais sereno por aqueles lados. Aconteceu que um "mandrongo" andou a arrastar a asa junto dela e levou-a para Portugal. Os mindelenses ficaram a chuchar no dedo. Esse "mandrongo" tinha acabado de montar uma padaria na Fonte Filipe e aquilo estava a ter grande sucesso, porque conseguiu recriar a verdadeira bolacha que antigamente dava pelo nome de barão. Por isso, toda a gente ficou espantada, intrigada como a paixão faz com que se abandone um negócio que estava a ser lucrativo. Parece que o casal está a viver lá para os lados de Pombal.

    ResponderEliminar
  50. Corrijo a palavra "rebulice". Deve ser rebuliço ou reboliço, pois o dicionário diz que as duas formas são correctas.

    ResponderEliminar