segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

[8866] - REGIONALISTA GALEGO EM C.VERDE...

Região da Galiza quer reforçar cooperação com Cabo Verde!

(A Semana - 31 Janeiro 2016)
Pesca e Turismo são duas das áreas nas quais os Governos de Cabo Verde e da Região da Galiza querem ver reforçadas a cooperação a curto prazo. A intenção foi manifestada este sábado no encontro entre o primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, e o vice-presidente daquela região espanhola, Alfonso Rueda Valenzuela. Região da Galiza quer reforçar cooperação com Cabo Verde 
O chefe do Executivo cabo-verdiano recebeu, no seu gabinete, o representante da Comunidade Autónoma da Junta de Galiza. Em cima da mesa esteve a cooperação entre os dois territórios, principalmente a pesca e o turismo.

De realçar que quanto à pesca já existe uma forte cooperação, visto que uma das maiores empresas a actuar no sector em Cabo Verde é oriunda dessa região do Reino de Espanha.

Já no que toca ao turismo, perspectiva-se que a formação profissional poderá entrar como um importante elo nesta ligação. Como afirmam as autoridades, a Galiza possui uma das melhores escolas de turismo do mundo e espera-se que venham a desenvolver-se parcerias com as congéneres cabo-verdianas, como é o caso da Escola de Hotelaria e Turismo (EHTCV).

6 comentários:

  1. Os galegos são talvez os únicos no mundo que embora tendo uma personalidade geográfica (ou nacionalista) marcante, não se importariam de ter um qualquer acordo nacional com Portugal. Lembro-me, por exemplo, que ergueram monumento a José Afonso antes de haver um em Portugal... E em 2009 o seu nome foi dado a um parque em Santiago de Compostela. Por isso, ficam bem ao lado de Cabo Verde. É avançar.

    Braça luso-galaico-cabo-verdiana,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Se um décimo das cooperações agendas até hoje, fossem concretizadas: CV seria outro.... Bem melhor, claro!!!

    ResponderEliminar
  3. Mais ainda, José, no aniversário da morte do Zeca Afonso houve um desfile de bandas a tocar as músicas dele. Extraordinário!
    Esperemos que seja frutuoso o estreitamento da cooperação.

    ResponderEliminar
  4. Está aqui um exemplo de Regionalização a Espanha. Os governos autónomos da Galiza e da Catalunha fazem a sua diplomacia económica sem passar pela autorização de Madrid. O chefe do Executivo cabo-verdiano recebeu, no seu gabinete, o representante da Comunidade Autónoma da Junta de Galiza. O PR de Cabo Verde também os recebeu.
    Em Cabo Verde é preciso autorização da Praia para comprar papel higiénico em Espanha os governos regionais praticamente governam as suas regiões sem prestar contas a Madrid.
    O dono de tudo em CV senhor JMN deveria perguntar a estes senhores como é que funciona a Regionalização. De resto já tínhamos sugerido que ele estudasse o exemplo da Espanha e que convidassem especialistas espanhóis por exemplo para a dita Cimeira da Regionalização de 2015

    ResponderEliminar
  5. REGIONALISTAS GALEGOS E CATALÃES EM C.VERDE...
    DUAS REGIÕES ESPANHOLAS DE UMA ASSENTADA EM CV?
    EM CRIOULO DIZEMOS 'ES FJON TEM TUCIM'.
    ESTARÃO ELES A PREPARAR UMA CIMEIRA COM ESPANHÓIS SOBRE REGIONALIZAÇÃO PARA DEPOIS DAS ELEIÇÕES?
    COM ESTES SENHORES DO PAICV JÁ NADA SURPREENDE!!!

    ResponderEliminar
  6. Nunca tive contacto com os catalães mas tenho uma afeição especial pelos galegos.
    Penso que podiamos "associar" com eles. Seria tão bom...

    ResponderEliminar