sábado, 13 de fevereiro de 2016

[8908] - SOBRANCERIA E HUMILHAÇÃO...

Foi ao treinador-comentador Manuel José o primeiro a quem, semanas atrás, ouvi comentar, a propósito da retumbante recuperação do SLB depois de um mais que incerto começo de época, que faltava ver o comportamento dos mesmos contra equipas da sua igualha, já que as onze vitórias consecutivas e as várias goleadas, haviam sido conseguidas contra conjuntos de "outros campeonatos"...
É certo que, desde o inicio da época o SLB já havia perdido 4 confrontos contra os chamados "grandes": três, contra o SCP e 1 um, contra o FCP... Mau grado, a fulgurante caminhada dos encarnados havia começado a recriar o mito da invencibilidade e, nestas coisas do futebol, como noutras da vida de todos nós, a sobranceria tende a esbarrar, mais cedo ou mais tarde, com a humilhação... Esta, acabou por acontecer ontem, na Luz, a rebentar pelas costuras de adeptos frenéticos a transpirar confiança e prontos para celebrar um primeiro - embora ex-aequo - lugar na classificação a nove pontos do FCP...Mas, após um primeiro tempo com um empate, mau grado a sua presença mais vincada em todo o terreno em consequência de uma deficiente ocupação dos espaços por parte dos adversários, o SLB iniciou a segunda parte num crescendo de dificuldades resultantes de uma cobertura mais alta dos antagonistas, iniciando um esvasiamento do seu conteúdo futebolístico que haveria de consumar-se após o segundo golo do FCP, que acabou por lhe conferir a vitória e o encurtamento da distancia que, antes do encontro, separava os dois contendores...Dos nove pontos aguardados pela maioria, acabaram por restar três, que são a amarga consequência de uma certa falta de humildade, coisa que somente os verdadeiramente grandes conseguem transmitir com verdade... Claro que nunca é tarde para arrepiar caminho mas, infelizmente, é do nosso ADN insistir no erro, por muito que este nos faça passar pelas dores da humilhação...

10 comentários:

  1. Consta que em Tomar um adepto fervoroso do Benfica disparou na varanda durante toda a noite uma G3 surripiada no 15 e que dizia ao dispará-la: "S'um podia m'matava aquês desgraçóde!!!". Ninguém sabe se se referia aos desgraçados benfiquistas que perderam ou se se falava dos "desgraçados" que ganharam, mas é muito possível que a alusão indicasse os primeiros.

    Braça com águia careca,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Eu conheço um "azulão" incondicional, que fica no seu canto a gozar cdos verdes dos vermelhos e, também, dos "almeidas".
    ahahahah !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O vice-cônsul merece saber:

      O Belenenses foi ao terreno do Moreirense vencer por 2x3, este sábado, em encontro da 22.ª jornada do campeonato. Foi a terceira vitória consecutiva fora de portas para a Liga da turma de Julio Velázquez.

      Braça azul,
      Djack

      Eliminar
  3. Zito, sou benfiquista, e convém deixar esta declaração de princípios.
    Confesso-lhe que todo este tempo em que o Benfica somou vitórias consecutivas, não vi qualquer sobranceria e falta de humildade por parte do técnico, jogadores e direcção do clube. Se costuma ver o canal Benfica (creio que não), terá constatado que todos os comentadores do clube vinham recomendando sempre prudência, realismo e contenção. É claro que a massa de adeptos é sempre dada a certo tipo de comportamento, mas isso é comum a todos os clubes.
    Mas tem de concordar comigo que atitudes de sobranceria e arrogância têm mais a ver com o actual treinador do Sporting. E sou insuspeito a falar porque quando ele treinava o meu clube não poucas vezes me indignou certo tipo de comportamento da parte dele. Tanto que não me importei muito que ele se transferisse para o rival.
    Quanto ao jogo de ontem, aceito que o Benfica podia e devia ter estado a outro nível. Mas vamos a uma pequena contabilidade, para sermos objectivos. O Casilhas evitou 4 situações flagrantes de golo na sua baliza, tendo tido um desempenho que até agora não se lhe vira nos nossos estádios. O Porto teve apenas as duas situações de golo que concretizou. Mais nada, além de um remate de longe que passou perto do poste da baliza. Não criou mais qualquer situação que podia ter resultado em golo, podendo dizer-se que o Júlio César não teve grande trabalho. Portanto, a principal diferença esteve nos dois guarda-redes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Adriano, o eu barómetro são os apresentadores e comentadores dos canais generalistas, a maioria dos quais são confessávelmente benfiquistas e um deles, no dia do jogo, até se dava ao luxo de afirmar que a realização do jogo era uma perda de tempo e de meios pois o destino do FCP estava traçado e nada nem ninguém o poderia evitar...Exemplos destes, haverá poucos, claro, mas outros, menos explícitos mas não menos óbvios, seríam às centenas e eles denunciavam a tal sobranceria que julgo deveria estar ausente do discurso desses "moldadores de opinião" - que o são, infelizmente, e eles sabem disso - que, diariamente, fazem abundante distribuição de pretensos slogans académicos acobertando, com subreptícia subtileza, a sua mensagem clubista com enervante impunidade...
      O resto, meu amigo, guarda-redes que defendem quatro golos é filme que a gente já viu, mais que uma vez, com outros intérpretes, de outras cores e, segundo o comentador Joaquim Rita, a propósito de declarações de JJ sobre situações de golo criadas pelo SCP em jogo anterior, e que seriam prova de eficiência técnico-táctica, falhar tais situações é prova de ineficiência...Em resumo, terá o SLB feito o suficiente para ganhar um jogo que, segundo muitos já estava ganho antes de começar?
      Se sim, porque não ganhou, então, para lá dos acidentes da sorte, própria ou alheia?
      Se não, então esta discussão não tem sentido...
      De qualquer forma, meu amigo, é sempre um prazer falar consigo!
      Braça desportivo
      Zito

      Eliminar
  4. Hoje em Queluz, família Azevedo prescinde do cozido à portuguesa de restaurante e atira-se a esta águia em assado feito no forno caseiro adornado com batatinhas.

    Braça de rapina,
    Djack

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Djack adivinhou: hoje não vai haver cozido à portuguesa que, de resto, até costuma levar frango... Vamos, antes, deliciar-nos com "penne rigate" à bolonhesa! E, meu amigo, também não como águias, bicho em vias de extinção!
      Braça anti-galinácio
      Zito

      Eliminar
    2. Bravo !!!
      Liberdade aos de plumagem e viva o Atum com qualquer acompanhamento (jà agora, pode ser Arroz)
      Bom apetite

      Eliminar
  5. Amigo Zito, antes de ser benfiquista, sou adepto fervoroso do futebol. Eu acho que o Benfica merecia ter vencido o Porto por margem mais que suficiente. Mas são contingências do futebol. Quanto aos comentadores de que fala, admito que os há pouco isentos, mas normalmente faço os meus próprios juízos. Creio que a disputa do título está em aberto e até admito ser estimulante a recuperação do Porto.

    ResponderEliminar
  6. Adriano, como compreenderá, não será a mim - nem a si - que esses comentadores convencem ou sequer ajudam a entender o que quer que seja, mas muito boa gente os seguirá, religiosamente e, por isso, são elementos perniciosos que acabam por conquistar séquitos de mal informados e, sobretudo, mal formados...Quanto ao resto, amigo, estamos de acordo: quantos mais os candidatos ao título, mais saborosa a vitória final e, se um de nós a comemorar, tanto melhor!

    ResponderEliminar