quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

[8924] - PONTARIA ELEITORAL?!


GOVERNO DESBLOQUEIA VERBA PARA
REABILITAR O LICEU VELHO...

O renomado "Liceu Velho", de São Vicente, edifício que em tempos idos acolheu o Liceu Gil Eanes e depois a Escola Preparatória Jorge Barbosa, vai ser reabilitado. O Governo autorizou o Ministério do Ensino Superior, Ciência e Inovação a realizar as despesas de remodelação no valor de quarenta e sete milhões, seiscentos e catorze mil e quatrocentos e doze escudos (47.614.412 ECV).Governo autoriza desbloqueio de  48 mil contos para reabilitar ’Liceu Velho’  
O prédio do ’Liceu Velho’ (ex-Gil Eanes)alberga duas instituições de ensino superior: o Departamento de Ciências Humanas da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) e o Instituto Universitário de Arte, Tecnologia e Cultura (M_EIA).

Entretanto, desde 2011 que o edifício histórico espera por obras de reabilitação, requeridas pela Universidade de Cabo Verde (Uni-CV). Actual dona do edifício por doação que o Estado fez a título definitivo, a Uni-CV transferiu os seus escritórios para este ex-libris do Mindelo.

O liceu Gil Eanes foi um dos centros de educação e cultura por excelência da nação cabo-verdiana, para onde convergiam jovens de todas as ilhas. Marcou de forma indelével a história e cultura cabo-verdiana. Único liceu de Cabo Verde, por lá passaram alunos como Amílcar Cabral, Aristides Pereira, Arnaldo França, Teixeira de Sousa, Aristides Lima, entre outras personalidades de várias gerações.

Por iniciativa de ex-alunos, surgiu uma associação que todos os anos se reúne para discutir a situação do edifício e o seu aproveitamento no desenvolvimento económico, social e cultural de Cabo Verde.

in E.I.

4 comentários:

  1. ..." Surgiu uma Associação.... "todos os anos se reúne para discutir a situação do edifício"....

    Não seria melhor dizer: -- comer, beber e contá partida?

    Bastava que cada ex-aluno (associado) oferecesse "dois tijolinhos" por cada comezaina e o Gil não sofreria este vexame !

    No estado de degradação em que se encontra actualmente ,46 mil ESCV...pouco mais deverá dar para lavagem de paredes!!!

    ResponderEliminar
  2. Concordo com o Artur Mendes. Se cada aluno que por ali passou desse 1 €uro e o total fosse entregue a uma Comissão ad hoc, muito se podia fazer. Houve palestras, festas, ramboias, arraiais e intenções mas o pior é que estavam decididos e obstruir toda e qualquer iniciativa que impedisse a destruição do edificio.
    Se não estou em erro, até houve promessa de japoneses que visitaram o antigo liceu e souberam do seu passado mas foi "camuflada" ou "desviadas" como outras boas vontades.
    Como não acredito em promessas de vésperas de eleições, vou esperar para crer

    ResponderEliminar
  3. Sete comentários para o "Generalato (a) internacional e dois para as obras do Liceu, leva-me a crer que seria melhor recuperar o quartel da Pontinha!

    ResponderEliminar
  4. De promessas em véspera de eleições já estamos vacinados, pelo que esta "esmola" está ainda por confirmar.

    ResponderEliminar