domingo, 3 de abril de 2016

[9081] - PIOR A EMENDA...


Khadafi foi assim tão cruel para com o seu povo?
 Questiona a revista suiça "Schweizmagazin"...

Hoje a Líbia está em parte destruída e é dominada por grupos de bandidos, traficantes de petróleo e de seres humanos, com condições de vida muito inferiores às da primeira década deste século.

Segue-se uma lista das "atrocidades" que os líbios sofreram durante 4 décadas, segundo artigo desta revista em 2011.

1. Não havia factura de electricidade na Líbia. A eletricidade era grátis para todos os cidadãos.

2. Não havia juros sobre empréstimos bancários. Por força da lei, os bancos do estado garantiam a todos os cidadãos empréstimos sem juros.

3. Ter uma casa própria era considerado um direito humano na Líbia.

4. Todos os recém-casados na Líbia recebiam 50.000 dólares. Este dinheiro devia permitir que as pessoas comprassem o seu primeiro apartamento. O governo queria, assim, contribuir para o início de uma nova família.

5. A Educação e Saúde eram gratuitas na Líbia. Antes de Khadafi chegar ao poder apenas 25 por cento dos líbios sabia lêr. Na actualidade, o número era de 83 por cento.

6. Os líbios que quizessem fazer carreira profissional na agricultura, recebiam terras aráveis, uma casa, equipamentos, sementes e gado grátis para um início rápido das suas fazendas e tudo o que a elas respeitava.

7. Se os líbios não encontrassem a formação ou tratamento médico de que necessitavam, tinham a oportunidade de os encontrar no estrangeiro com a ajuda de fundos do Estado. Este garantia 2.300 dólares por mês para alojamento e carro.

8. Se um líbio comprasse um carro, o governo subsidiava 50 por cento das despesas.

9. O preço da gasolina na Líbia era 12 centavos de dólar, (cerca de 0,10 euros) por litro.

10. Se após a graduação uma pessoa não encontrasse trabalho, o estado pagava o salário médio da profissão em que tinha procurado trabalho até ter encontrado um emprego tecnicamente adequado ..

11. A Líbia não tinha dívida externa e as reservas que totalizavam US$ 150.000.000.000, foram divididas pelas potências ocupantes.

12. Uma parte de toda a venda de petróleo da Líbia era creditada diretamente na conta de cada cidadão da Líbia.

13. As mães que davam à luz uma criança recebiam 5.000 dólares.

14. 25 por cento dos líbios tinham um diploma universitário.

15. Khadafi lançou o "Grande Rio Artificial" (GMMRP ou GMMR) na Líbia. Este foi o maior projeto de canalizar a água potável para um melhor abastecimento de água da população e da agricultura.

Graças a Deus que a NATO e os "rebeldes" livraram os líbios de tudo isto!
Sugerido por Adriano M. Lima...

N. E. - Salvaguardados alguns exageros nesta extensa lista de "Prendas de Natal", uma coisa parece certo, no entanto: por vezes, é bem melhor estar quieto  do que fazer uma grande burrada... Não será por acaso que se costuma dizer que, quanto mais se mexe na merda mais mal ela cheira!

2 comentários:

  1. Os responsáveis sabemos quem são. Agora estamos também a sofrer os efeitos na Europa.

    ResponderEliminar
  2. Muito mal se falava do ditador que roubava mas nunca das suas benfeitorias em relação ao seu povo e a algumas nações amigas. E ninguém ousa falar dos petrodolares dos outros estados àrabes que so beneficiam os senhores reis que nem um tusto dão para os refugiados da mesma fé.
    Quando falam do islão dizem que é uma religião de paz; que um dos pilares é a esmola que devem fazer. Mas, pelos vistos, fazem-na so aos membros da propria familia e aos leais servidores.

    ResponderEliminar