sexta-feira, 27 de maio de 2016

[9256] - ABUNDAM OS COGUMELOS...

Sidney Manuel
No momento em que se fala na Regionalização, e cada vez com mais afinco, parece que temos 'videntes' em Cabo Verde e desta feita 'os videntes' decidiram com antecedência salvaguardar os interesses das ilhas. Acabou de ser criada uma associação para defender os interesses da ilha de Santiago, que se auto-proclama como " Os Vigilantes da Ilha de Santiago "... Imaginem se esta moda pega: daqui a nada teremos nove associações, uma por cada ilha (eu me disponibilizaria a criar uma associação para defender os interesses da Santa Luzia) e já nem sequer precisaremos mais do Primeiro Ministro e Presidente da Republica, porque os direitos de cada ilha passariam a ser geridos por essas associações. Daí, eu perguntar, qual é a necessidade disso?

N.R. - A pergunta do amigo Sidney é pertinente e dá lugar a uma outra indagação: haverá por aí alguém interessado em abordar o assunto que nos parece revestir sinais divisionistas preocupantes?

2 comentários:

  1. Quero simplesmente lembrar ao conterrâneo Sidney que, logo antes de aparecerem "Os vigilantes de Santiago", ressurgiu o fantasma do "Pro-Praia" de quem hà muito não se falava. Portanto não é de 9 mas de 9X2 que se tem de fugir. Isto se as outras cidades não se lembrarem que o "monstro", jà com tem o Norte e o Sul, não pode ter mais um bucho.
    D. Semedo
    Praiense Verdeano

    ResponderEliminar
  2. Interpreto estas associações como simples reacção ao movimento regionalista surgido em S. Vicente. Só que a diferença é que este quer apenas a correcção das assimetrias criadas no território pela concentração e centralização de todo o Estado na Praia.

    ResponderEliminar