terça-feira, 21 de junho de 2016

[9354] - A POLÉMICA EXTINÇÃO DE MUNICÍPIOS...

Estudo que prevê extinção de municípios gera polémica
19 Junho 2016
(A Semana)

O estudo da Afrosondagem que recomenda a extinção de alguns municípios em Cabo Verde está a gerar polémica entre autarcas e munícipes e já há quem se posicione claramente contra essa proposta. Entre alguns municípios que constam desta lista está o Paul, na ilha de Santo Antão, onde na segunda-feira, 6 de Junho, houve um encontro que, segundo os promotores, serviu para “denunciar essa atroz ideia"...

O presidente da Amipaul foi o organizador da jornada de reflexão e debate de Santo Antão. José Manuel Pires Ferreira avisa que a sua associação é literalmente contra a proposta, por considerar ser um “tsunami para liquidar a democracia, a autonomia já conseguida, a história do concelho e todas as possibilidades de expansão de um município que possui muita riqueza”.

Pires Ferreira assevera que a Amipaul sempre se opôs, em vários momentos, à extinção do Muncípio de Paul. Para mostrar mais uma vez que não há necessidade de vingar a ideia de extinguir um município com 149 anos de existência e, por sinal, um dos mais velhos de Cabo Verde, promove, na próxima segunda-feira, 6, um debate no salão nobre da Câmara Municipal do Paul. Tudo com o objectivo de “denunciar a atroz proposta de extinguir municípios e concelhos criados em Cabo Verde”.

Entretanto, este jornal não conseguiu aceder aos resultados do estudo em causa. Apenas apurou que todos os municípios considerados “pequenos” e com um número reduzido de habitantes figuram na lista para serem extintos. Com isto, a controvérsia está a caminho.

Paulino Neves

1 comentário:

  1. Confesso que não conheço bem a realidade do dispositivo autárquico em Cabo Verde. Mas há coisas que sei. Sei que o concelho do Paul é antiquíssimo, ao passo que proliferam no território nacional, em especial em Santiago, municípios que só foram criados para enfiar os boys dos partidos. Esta é que é a verdade. Dizem que há municípios em autênticas aldeias.

    ResponderEliminar