terça-feira, 21 de junho de 2016

[9355] - POESIA POLÍTICA...


Cara Ministra das Infraestruturas:
Venho por esta, mui respeitosamente,
lhe perguntar qual foi a altura
que a Excelência, visitou S. Vicente?

Só pode ter sido no tempo do carvão!
Se calhar falou inglês o tempo todo…
Ou então foi antes de S. Vicente ter o São,
Pois só assim se explica esse engodo.

“S. Vicente está em expansão
muito acelerado e deve ser contido” 
Só pode ter sido a minha imaginação
A colocar essas palavras no meu ouvido.

“Cabo Verde não e só S. Vicente”
Cara Ministra… Que deselegância!
Repita o discurso na Praia principalmente,
E mande para o Maio uma ambulância.

“E tem que ser contida”!?
Contidas têm que ser as suas declarações…
Talvez assim alguém decida
Não nos fintar com a lenga-lenga dos milhões.

PS - Kel Gote de Mane Jom ainda ta tud ta engordá na gemada?

Alexandre Tey
(in Cabo Verde Direto)


1 comentário:

  1. Ahahahaah, muito a propósito e com muita graça.
    Sem querer fazer juízos precipitados, permito-me pensar que esta ministra é o exemplo típico de pessoas que ascendem a cargos de responsabilidade pública por apenas reunirem duas condições: terem uma licenciatura e terem uma filiação política. Por mais que alguém queira adoçar a palavra ou "contextualizar" o discurso que ela proferiu, está mais que visto que essa senhora desconhece a realidade e nada sabe de História. E isto é grave num ministro.

    ResponderEliminar