terça-feira, 28 de junho de 2016

[9389] - DESINFORMAÇÃO...


Praia – Reportagem de Aljazeera revolta moradores de Lém-Ferreira

 A reportagem em questão tinha como base um novo relatório das Nações Unidas, em que diz que o número de pessoas que usam heroína em todo o mundo subiu para 18,3 milhões. 
Praia – 27 de Junho –

 Os moradores de Lém – Ferreira, na cidade da Praia, estão revoltados com uma reportagem exibida pela Aljazeera, emissora de televisão jornalística do Catar, onde apresentam o bairro como sendo problemático onde o tráfico de drogas e a criminalidade andam de mãos dadas.

A Aljazeera apresenta Cabo Verde como porta de entrada para a Europa e África, onde se tem registado um aumento no tráfico de drogas e crimes e relacionados. A reportagem escolheu o bairro de Lém – Ferreira como um exemplo de tudo isto.

Mas, pelos vistos, tratou-se de uma escolha infeliz, quando tudo é dito de forma distorcida. Vendo a reportagem, partilhada pelo Ocean Press, vários moradores daquele bairro se insurgiram contra tudo o que lá se diz. “Pintou um mal papel da zona”, dizem.

“Nada mais passa de uma grande mentira, inventada por este canal, conhecido como a mais importante rede de televisão do mundo árabe. Neste bairro não há nada disso” diz revoltado um morador afirmando que o bairro de Lém-Ferreira é, nos dias de hoje, um dos mais calmos da capital cabo-verdiana.

O que mais tem revoltado os moradores desta pequena urbe, é que, segundo dizem, “a reportagem esteve em Lém - Ferreira num dia em que o bairro celebrava a festa do Santo Padroeiro, Santo António, filmou a procissão religiosa, apanhou os foguetes e a música da banda municipal, mas afirmou que se tratava de um enterro de alguém assassinado por traficantes do bairro”.

“Isto é incompreensível. Filmaram a procissão da festa de Santo António. Nem era um caixão que estava a ser carregado pelas pessoas, mas o jornalista diz claramente que se tratava de um enterro e que as pessoas estavam todas com medo de falar, por causa dos traficantes” diz um outro morador em fúria.

Ocean Press – Redação 

4 comentários:

  1. Eles são BQNUP... burros que nem uma porta. Até dá para rir, de tanta estupidez aljazírica. É preciso mesmo ter um QI muito fraco para fazerem uma asneira destas. O povo de Lém Ferreira só tem que se rir da anormalidade e não precisa de ficar ofendido. Alguma vez uma pessoa se pode ofender por um atrasado mental a insultar?

    Eu cá rio-me e por outro lado nunca vejo tal estação.

    Braça com dó de tanta falta de caco,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Uma publicidade que Lem Ferreira bem dispensava. Trata-se de um trabalho de algum cretino sedente de protagonismo, individuo que não conhece a nossa terra quanto mais suas cidades, vilas e povoações. Aposto em como ele nem deve saber ao certo em que meridiano ou paralelo nos encontramos e qual a nossa lingua. Ouviu algo e mandou a sua algaraviada para o éter.

    ResponderEliminar
  3. Espanta é que o atropelo à informação chegue a tanto. Haja Deus, Allah, Manitú, ou como lhe quiserem chamar!

    ResponderEliminar