terça-feira, 23 de agosto de 2016

[9598] - AGRESSORES MOSTRAM-SE...


Chamam-se Haider e Ridha, os gémeos, filhos de 17 anos do Embaixador do Iraque, responsáveis pelo estado do jovem Ruben Cavaco, hospitalizado e em coma induzido...
Vários dias após os acontecimentos, devidamente industriados e com a lição bem aprendida, secundam a versão do pai, segundo a qual os seus dois filhos, iraquianos também de nacionalidade americana - vá-se lá saber para quê - teriam agido em legítima (?) defesa, e vêm afirmar que também foram agredidos (o que não é nada notório) e que todos os intervenientes nos acontecimentos daquela madrugada foram vítimas das circunstâncias (!)... Claro que, neste caso, as circunstancias foram altamente parciais ao deixarem um às portas da morte e outros sãos como pêros acabados de colher...É preciso ter muita lata ou, então, esta história anda a ser mal contada!

2 comentários:

  1. No mínimo, estamos perante um caso de "legítima de defesa" com uso de meios desproporcionais.

    ResponderEliminar
  2. Estão em Portugal com passaporte (de UM pais) que lhes dà certas imunidades mas têm de responder pelos actos civis. Podem não ir para a cadeia mas, se for caso, serão corridos e estão sijeitos a pagar despesas inerentes ao que fizerem, se culpados.

    ResponderEliminar