quarta-feira, 24 de agosto de 2016

[9602] - ELA QUER SER UM TELEMÓVEL...





Colabor. Tuta Azevedo

1 comentário:

  1. Eis uma tremenda verdade! Pergunta-se se esta inovação tinha mesmo de nos capturar e escravizar. Penso que ainda a procissão vai no adro para que se possa perceber a dimensão do efeito pernicioso que o pequeno aparelho vai ter no futuro das nossas vidas, sobretudo nas relações familiares.

    ResponderEliminar